Duda começa em São Paulo a busca de índice para Moscou no salto em distância

Fonte Contrapé de Jornalismo 26/03/2013 às 22h

Campeão mundial indoor, o saltador do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA estreia na temporada nesta quarta-feira (27/3), no Ibirapuera.

São Paulo - Mauro Vinícius da Silva, o Duda, campeão mundial indoor do salto em distância, começa a luta por índice para o Mundial de Moscou nesta quarta-feira (27/3), no Festival de Meio-Fundo e Fundo e Festival de Velocidade e Saltos, no Ibirapuera, em São Paulo. O saltador do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, que não entra em uma disputa desde o título dos Jogos Abertos de Bauru, em novembro, não vê a hora de competir.

"Retomei os treinos no fim de dezembro e estou bem ansioso para voltar a sentir o clima da competição", diz Duda. "Estou treinando bem, chegando perto dos 8 m nos treinos, e sei que salto mais longe quando estou competindo. A adrenalina da disputa sempre é um estímulo a mais." O índice para Moscou é de 8,10 m.

"O Duda ainda não está no auge da forma", diz o técnico Aristides Junqueira, o Tide, também do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. "Nossa intenção nessa estreia na temporada não é atingir o índice para Moscou de cara, mas tentar reproduzir, em competição, o que ele está fazendo nos treinos, que estão muito bons", prossegue Tide, que em São José do Rio Preto (SP) trabalha também com o desenvolvimento de jovens atletas na ARPA, um dos parceiros do Clube BM&FBOVESPA na categoria de Formação.

Tide conta que Duda vem recebendo vários convites para competições no exterior. "Tóquio, Pequim, Xangai... Mas são muito longe, ficaria muito cansativo. O atleta chega em um dia para competir no outro, sem a menor condição de conseguir um bom resultado. Abrimos mão de Pequim e Xangai para o Duda poder saltar no GP São Paulo, em maio. Mas, se conseguir o visto para os Estados Unidos, vai competir no PreFontaine Classic, etapa da Diamond League, em Eugene, no fim de maio."

Outros atletas do Clube BM&FBOVESPA competem nesta quarta-feira, no Ibirapuera, entre eles Ana Cláudia Lemos Silva, recordista sul-americana dos 100 m e dos 200 m, Nilson André e Basílio Emídio de Morais nos 100 m e nos 200 m, e André Alberi de Santana, nos 1.500 m.
O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA completou dez anos em 2012, com a inauguração de seu Centro de Treinamento e a consolidação da Categoria de Base. O Clube integra o Instituto BM&FBOVESPA e tem parceria com Pão de Açúcar, CAIXA, Prefeitura de São Caetano e Nike.

Mais informações: www.clubedeatletismo.com.br e www.clubedeatletismo.org.br

Contrapé de Jornalismo
Fonte Contrapé de Jornalismo 26/03/2013 ás 22h

Compartilhe

Duda começa em São Paulo a busca de índice para Moscou no salto em distância