Domenicali diz que McLaren dificulta objetivo da Ferrari

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O diretor esportivo da Ferrari, Stefano Domenicali, afirmou que o objetivo mínimo da escuderia italiana é ficar em terceiro lugar no Mundial de Construtores 2009, mas que o bom desempenho da McLaren faz com que isto seja "difícil".

"Sendo realista, é claro que depois de tudo que aconteceu neste ano devemos ser claros, é difícil. Vimos que a McLaren fez a escolha de continuar aperfeiçoando seu carro, que nas últimas duas corridas obteve 27 pontos. Nós, depois de Monte Carlo [GP de Mônaco, de 24.05, ndr.], fizemos sempre pontos de um dígito, e nesta situação é difícil lutar pelo terceiro lugar", lamentou Domenicali.

Atualmente, a Ferrari ocupa a terceira posição com 46 pontos, atrás da Brawn GP (126) e da Red Bull (98,5). A McLaren está em quarto lugar, com 41 pontos.

"É uma situação que, para qualquer piloto novo, não é fácil fazer pontos importantes para ajudar a equipe", disse o diretor esportivo, referindo-se à estreia do piloto Luca Badoer na escuderia italiana, em substituição ao brasileiro Felipe Massa, que está afastado temporariamente das pistas devido a um acidente.

No último GP, realizado ontem no circuito espanhol de Valência, Badoer terminou a corrida em penúltimo lugar. Já seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, ocupou o terceiro lugar do pódio, atrás do brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, e do inglês Lewis Hamilton, da McLaren.

"Estamos satisfeitos com o terceiro lugar obtido pelo Raikkonen, o máximo que podíamos querer. Pilotos, equipe, carro, todos os elementos trabalharam da melhor maneira e este resultado é a confirmação", comentou Domenicali.

"Sobre Badoer, foi outro dia difícil de um fim de semana difícil. Mas, além disso, ele está melhorando dia após dia, volta após volta. Estamos confiantes de que ficará em uma posição melhor na próxima semana [no GP da Bélgica, que ocorre no dia 30, ndr.]", disse o diretor esportivo.

Segundo ele, esta semana também será muito importante para a Ferrari avaliar as condições de Massa, que foi atingido na cabeça por uma mola que se soltou do carro de Barrichelo durante o treino classificatório para o GP da Hungria, no mês passado.

Na próxima sexta-feira, o piloto fará exames em um hospital de Miami e será submetido a uma Tomografia Axial Computadorizada (TAC).

"Felipe Massa fará testes muito importantes nesta semana, e assim saberemos quando realmente poderemos falar de um retorno", esclareceu Domenicali.

Badoer é piloto de testes da Ferrari há dez anos e foi escolhido para ficar no lugar de Massa após o alemão Michael Schumacher não aceitar a proposta da equipe italiana para ser o substituto.

Schumacher, aposentado desde 2006, alegou que não está em perfeitas condições de saúde, já que ainda não se recuperou de uma fratura no pescoço causada por um acidente de moto em fevereiro.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Domenicali diz que McLaren dificulta objetivo da Ferrari