Documento referencial aponta políticas públicas para o turismo

Fonte Embratur 20/08/2014 às 20h
O Ministério do Turismo (MTur), a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e representantes do setor deram início, nesta terça-feira (19), aos trabalhos para a elaboração do Documento Referencial 2015/2019, em vista da necessidade de atualização periódica do planejamento das políticas públicas e do fortalecimento do setor turístico do Brasil.

“Assim como foi em 2010, quando houve ampla participação de representantes do governo e de entidades parceiras, nos reunimos novamente para a formulação de estratégias que irão compor o Documento, que serve de base para a elaboração do Plano Nacional de Turismo. Apesar dos avanços, o turismo no Brasil ainda precisa de fortalecimento”, afirmou o presidente em exercício do Instituto, Walter Ferreira.

A abertura do debate contou com a participação dos atores envolvidos no processo de elaboração do Documento. Além do representante da Embratur, estiveram presentes o secretário-executivo, o secretário Nacional de Políticas de Turismo do MTur e o diretor de Infraestrutura do Ministério, Alberto Alves, Vinícius Lummertz e Marcelo Ribeiro, respectivamente; a presidente da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos Indutores (Anseditur), Cláudia Pessoa; a presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), Oreni Braga.

O assessor especial da Secretaria Executiva do Ministério da Fazenda, Manoel Pires, proferiu palestra com o tema “Análise do ambiente econômico nacional e internacional”, com o objetivo de mostrar o cenário atual e oferecer subsídios para dar diretrizes à elaboração do documento. Além disso, o diretor de Gestão Estratégica no Ministério do Turismo, Ítalo Mendes, apresentou um diagnóstico do Turismo Nacional e Internacional.

“Temos um PIB [Produto Interno Bruto] em crescimento acima dos níveis mundiais, inflação sob controle, desemprego em queda e um legado pós-Copa, o que promoveu a melhoria na composição social do País. Este é o momento ideal para reformularmos e garantirmos maior expectativa de investimento no setor”, analisou o secretário Nacional de Políticas de Turismo do MTUR, Vinícius Lummertz.
Embratur
Fonte Embratur 20/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Documento referencial aponta políticas públicas para o turismo