Diretores de agências terão de prestar contas ao Senado

Fonte Agência Brasil 07/03/2013 às 17h

Brasília - Senadores aprovaram hoje (7) projeto de resolução para obrigar os diretores de agências reguladoras a comparecer anualmente ao Senado para prestar contas sobre a gestão dos órgãos. Pelo menos uma vez por ano os diretores-gerais ou presidentes das agências terão que participar de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos.

A prestação de contas será feita pessoalmente e não apenas por documentos. Duas emendas de plenário foram aprovadas durante a votação para incluir a obrigatoriedade da presença dos ministros da Justiça, da Defesa e de Relações Exteriores.

O Senado é responsável pela aprovação dos nomes indicados pelo presidente da República para as diretorias de agências reguladoras e outros órgãos executivos. Com a resolução, os senadores pretendem fiscalizar os trabalhos das pessoas que aprovaram para os cargos e que, posteriormente, podem ter os nomes indicados para recondução.

“A vinda regular dos dirigentes permitirá importante diálogo institucional entre as agências e o Senado e vai conferir maior transparência na tomada de decisões pelas agências reguladoras”, explicou o relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

A Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece a obrigatoriedade de o presidente do Banco Central comparecer ao Senado, todos os anos, para prestar contas. Ele trata da política monetária para dar aos senadores informações para melhor avaliação dos projetos sobre a economia. Com a resolução aprovada hoje, os senadores pretendem que diretores das agências reguladoras e os três ministros façam o mesmo.

Como se trata de projeto de resolução, a matéria não precisa passar pela apreciação da Câmara dos Deputados, nem de sanção presidencial. O texto seguirá para promulgação e será publicado no Diário do Senado.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 07/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Diretores de agências terão de prestar contas ao Senado