Diminui expectativa de venda dos empresários para os Dia dos Namorados, aponta Serasa

Fonte Agência Brasil 30/05/2012 às 12h
 O otimismo dos empresários com as vendas para o Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, caiu 8 pontos percentuais neste ano, em comparação com 2011. Segundo pesquisa divulgada hoje (2) pela empresa de consultoria Serasa Experian, 49% dos varejistas acreditam que o faturamento vai crescer. Em 2011, o índice foi 57%. Os economistas da Serasa avaliam que o decréscimo está relacionado à evolução do endividamento dos consumidores.

O resultado é o pior desde 2009, que teve apenas 30% dos empresários com expectativa de crescimento nas vendas. Para este ano, 36% acreditam que o faturamento ficará estável e 15% acreditam que haverá queda. Foram entrevistados 1.013 empresários varejistas entre os dias 14 e 18 de maio.

As grandes empresas (63%) são as mais otimistas. Na avaliação da Serasa, esse percentual maior ocorre pelas melhores condições de parcelamento que oferecem, bem como pelas promoções e variedade de produtos. Nas empresas de médio porte, 56% dos entrevistados têm expectativa de crescimento nas vendas. Já nas pequenas, 48% acreditam em um faturamento maior.

Na análise regional, os empresários do Norte têm a maior expectativa de vendas, com 61%. Na pesquisa do Dia das Mães, os empresários dessa região também ficaram em primeiro lugar, com 58%. Em seguida, estão as regiões Centro-Oeste (57%), Nordeste (50%), Sudeste (48%) e Sul (43%).

A pesquisa aponta que o maior percentual de presentes (27%) será roupas, sapatos e acessórios. A expectativa de vendas desses produtos, no entanto, caiu dois pontos percentuais em comparação com o ano passado (29%). Por outro lado, cresceu a expectativa de faturamento com celulares e smartphones (20%), joias e relógios (6%) e eletrônicos (4%), que, segundo a empresa de consultoria, são produtos que costumam ser comprados de forma parcelada.

Na avaliação dos empresários, 40% dos consumidores deverão gastar entre R$ 51 e R$ 100 com o presente, enquanto 26% gastarão entre R$ 101 e R$ 200 e 22% desembolsarão até R$ 50. De acordo com a pesquisa, o consumo médio será R$ 128.

Mais da metade das compras (52%) serão a prazo e 48% à vista, de acordo com a pesquisa. Houve mudanças nesse item em comparação com 2011, quando a expectativa era que 46% das compras fossem à vista e 54% a prazo. Nas compras feitas a prazo, os entrevistados acreditam que as compras com cheque pré-datado serão pagas em até quatro vezes. No caso de cartão, financiamento ou crédito, as compras serão parceladas em até seis vezes.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 30/05/2012 ás 12h

Compartilhe

Diminui expectativa de venda dos empresários para os Dia dos Namorados, aponta Serasa