DF obtém aprovação na Câmara Legislativa em projeto sobre Museu Afro

Fonte Agência Brasília 20/08/2014 às 20h


Documento autoriza a Terracap a doar terreno onde o museu será implantado

BRASÍLIA (20/8/14) - O Governo do Distrito Federal obteve aprovação na Câmara Legislativa, nesta terça-feira (19), do Projeto de Lei Complementar (PLC) que altera os parâmetros de uso e ocupação do solo para o lote B da QL 24 do Setor de Habitações Individuais Sul (SHIS). O documento também autoriza a Terracap a doar o terreno à União, para fins de implantação do Museu Nacional da Memória Afrodescendente, do Parque Nelson Mandela e da sede da Fundação Cultural Palmares. Agora, o documento será encaminhado para a sanção do governador.



"Trata-se de um projeto que conta com o apoio da comunidade. Nesta pauta, a Casa Civil atua na articulação junto aos órgãos competentes para que os trabalhos sejam encaminhados da melhor forma possível", explicou o secretário-chefe da Casa Civil da Governadoria, Swedenberger Barbosa.



O empreendimento é um projeto do Ministério da Cultura e será erguido em terreno localizado às margens do Lago Paranoá. De acordo com o órgão, no local o visitante poderá, por meio do uso de interatividade e tecnologia de ponta, conhecer o período escravocrata e a trajetória dos negros no Brasil e reconhecer a importância dos africanos e seus descendentes na construção da identidade cultural do país.



Ainda segundo a pasta, a Fundação Cultural Palmares será a administradora da instituição e o projeto de implantação será realizado a partir da contratação do Instituto de Arquitetos do Brasil – DF para a realização de concurso internacional destinado a escolha do projeto de arquitetura vencedor, bem como acompanhamento da respectiva construção.
Agência Brasília
Fonte Agência Brasília 20/08/2014 ás 20h

Compartilhe

DF obtém aprovação na Câmara Legislativa em projeto sobre Museu Afro