Depois de vencer eleição no Japão, oposição quer retomar crescimento sustentável

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
Depois da vitória do Partido Democrático do Japão nas eleições de ontem (30), o líder da oposição no Japão, Yukio Hatoyama, deu início às negociações para formar um novo governo no país. As informações são da BBC Brasil.

De acordo com a mídia japonesa, o partido obteve 308 dos 480 assentos da Câmara Baixa do Parlamento do Japão, pondo fim a uma hegemonia de cinco décadas quase ininterruptas do Partido Liberal Democrático do atual primeiro-ministro, Taro Aso. Apesar de os resultados oficiais das eleições ainda não terem sido divulgados, o próprio Aso já anunciou que vai deixar a liderança de seu partido.

Com a projeção dos resultados das eleições, o índice Nikkei do mercado japonês apresentou hoje (31) a maior alta dos últimos 11 meses. Mas a alta do iene e as quedas nas bolsas chinesas levaram o pregão a encerrar os negócios em baixa de 0,3%.

Hatoyama deverá ser confirmado como o novo primeiro-ministro em duas semanas, durante reunião do Parlamento japonês. O Partido Democrático do Japão também negocia com dois partidos menores e de oposição apoio na Câmara Alta do Parlamento. "Finalmente vamos conseguir mexer na política, criar um novo tipo de política que corresponda às expectativas das pessoas", disse Hatoyama.

A expectativa agora é se ele será capaz de cumprir as promessas de campanha, uma vez que precisa levar a segunda maior economia do mundo de volta à rota do crescimento sustentável depois da recessão, além de combater o desemprego recorde no país. Durante a campanha eleitoral, Hatoyama também prometeu aumentar o sistema de pensões do Estado, apesar de o Japão enfrentar altas dívidas no setor.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Depois de vencer eleição no Japão, oposição quer retomar crescimento sustentável