Demanda das empresas por crédito cai 8,1% em abril ante março

Fonte Agência Brasil 22/05/2012 às 13h
A demanda das empresas por crédito registra queda de 8,1% em abril ante o mês de março, segundo levantamento divulgado hoje (22) pela empresa de consultoria Serasa Experian. De acordo com os economistas da Serasa, a redução se deve ao menor número de dias úteis (20 contra 22). Em relação ao mesmo período do ano passado, houve crescimento de 2,1% na procura por crédito.

Para economistas da Serasa, os estímulos adotados pelo governo com o intuito de acelerar a atividade econômica estão impulsionando, ainda que gradativamente, a demanda das empresas por crédito. De acordo com eles, os dados divulgados mostram que a demanda das empresas por crédito já se encontra em trajetória de recuperação. No acumulado do ano, por exemplo, a alta da demanda passou de 0,8% no trimestre encerrado em março para 1,1% nos quatro meses encerrados em abril.

Segundo o levantamento, a procura por crédito cresceu em todos os setores econômicos na comparação entre abril deste ano e o mesmo mês de 2011. O destaque ficou por conta do setor de serviços, que apresentou alta de 4,7%. Em seguida, aparecem as empresas industriais que avançaram 1,8%, acompanhadas pelas empresas comerciais que expandiram a demanda em 0,2%.

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, as empresas de serviços exibiram o maior crescimento em termos de demanda por crédito: alta de 3,3% frente ao período de janeiro a abril de 2011. Em segundo lugar, aparecem as empresas industriais com alta de 2,8% na mesma comparação. Apenas as empresas comerciais registraram recuo das demandas por crédito no ano, com variação de -0,9% frente ao primeiro quadrimestre de 2011.

Em todas as regiões do país houve aumento da demanda em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O destaque ficou para a Região Sul, com alta de 5,8%, seguida pelo avanço de 4,9% das empresas da Região Norte.

No acumulado do ano, somente a Região Centro-Oeste registrou recuo na procura por crédito. Por outro lado, as regiões Sul e Nordeste, com altas de 2,9% e de 2%, lideram a procura das empresas por crédito em 2012.

As médias e grandes empresas têm se destacado em termos de demanda. Em abril último, as altas foram de 11,3% e de 15% quando comparadas com o mesmo mês do ano passado. Já nas micro e pequenas empresas, a busca por crédito cresceu bem menos - alta de 1,5%.

Comportamento semelhante também foi verificado no acumulado do ano. As grandes empresas expandiram a demanda por crédito em 15,8% e as médias em 10,3% nos primeiros quatro meses de 2012. Já nas micro e pequenas empresas, o crescimento foi 1,1%.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 22/05/2012 ás 13h

Compartilhe

Demanda das empresas por crédito cai 8,1% em abril ante março