Delegado é afastado e investigadores presos em ação de combate a corrupção no Paraná

Fonte Agência Brasil 09/04/2013 às 17h

Brasília – Um balanço parcial da Operação Nacional contra a Corrupção, deflagrada hoje (9) em 12 estados brasileiros, registra no Paraná, até o momento, o afastamento de um delegado de polícia e a prisão de dois investigadores. Foram expedidos 46 mandatos de busca e apreensão e 24 mandatos de prisão, dos quais 23 foram cumpridos em diversas cidades ao norte do estado.

A ação tem como objetivo o combate a falsificação de produtos e a corrupção policial. No Paraná, foi batizada de Jolly Roger, em alusão à bandeira de navios piratas. Os produtos falsificados eram revendidos para várias partes do Brasil, especialmente no comércio de São Paulo, na área da Rua 25 de Março e do bairro do Brás.

De acordo com as investigações, policiais civis paranaenses cobravam propina de mais de uma dezena de empresas, prestando, em contrapartida, proteção para a livre atividade de violação de marcas, sonegação e lavagem de dinheiro.

Deflagrada pelo Ministério Público (MP) e pela Polícia Federal, a operação nacional busca desmantelar esquemas de corrupção em 12 estados. No Paraná, participam da operação 150 pessoas, entre membros e auditores do MP, policiais, auditores da Receita Federal e fiscais da Receita Estadual.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 09/04/2013 ás 17h

Compartilhe

Delegado é afastado e investigadores presos em ação de combate a corrupção no Paraná