Cursos de arbitragem de ginástica artística feminina são concluídos em Aracaju (SE)

Fonte Photo&Grafia Comunicação 10/04/2013 às 7h

Atividades tiveram início no dia 1º, com o curso em nível nacional, seguido pelo internacional

Santo André (SP) - Nesta terça-feira (9), a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) concluiu o curso internacional de arbitragem de ginástica artística feminina, promovido pela Federação Internacional de Ginástica (FIG). O curso, que tive início na última sexta-feira (5), em Aracaju (SE), teve como ministrante a integrante do comitê técnico de ginástica artística feminina da FIG, Naomi Valenzo.

"O evento faz parte do planejamento dos cursos que são dados em todo o mundo, atualizando o código de pontuação. No Brasil tem relação com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, já preparando a arbitragem. O nível foi muito bom e vários deles conseguiram subir de categoria", afirmou.

Antes do internacional, a CBG organizou o nacional, entre os dias 1º a 4 de abril, também em Aracaju (SE). A ministrante foi a coordenadora do comitê técnico de ginástica artística feminina da CBG, Yumi Sawasato. Segundo ela, o curso foi bastante complexo e o resultado apresentado pelos alunos foi positivo. "Além de ser o primeiro deste ciclo olímpico, abordamos toda a mudança no código de pontuação da modalidade e, mesmo com a complexidade, o nível dos participantes foi muito bom", disse.

Para a coordenadora, a iniciativa da CBG em organizar os cursos logo no início do ciclo é importante. "É necessário que sejam realizados logo no começo, pois precisamos atualizar os nossos árbitros com as mudanças no código", finalizou Yumi, que já foi eleita pela FIG como a melhor árbitra do mundo, no ciclo de 2001 a 2004.

A Confederação Brasileira de Ginástica é patrocinada pela Caixa Econômica Federal e co-patrocinada pela Sadia.

Photo&Grafia Comunicação
Fonte Photo&Grafia Comunicação 10/04/2013 ás 7h

Compartilhe

Cursos de arbitragem de ginástica artística feminina são concluídos em Aracaju (SE)