Curitiba executa plano para combater enchentes

Fonte Agência de Notícias da Caixa 08/08/2014 às 11h
Para evitar que a população de Curitiba (PR) enfrente novamente problemas com as enchentes, como a ocorrida em junho, a prefeitura da capital paranaense está elaborando projetos para execução de 27 obras, no valor total de R$ 800 milhões. Os recursos provenientes do Ministério das Cidades serão repassados pela Caixa Econômica Federal. “A elaboração de projetos para a implantação e melhoria dos sistemas de drenagem urbana, envolvendo ações de micro e macro drenagem, são de vital importância para Curitiba”, afirmou o coordenador de Governo da Caixa em Curitiba, Eduardo Pereira de Souza. Segundo ele, as obras irão contribuir para minimizar o problema dos alagamentos na cidade.

Os projetos, cuja elaboração é acompanhada pela Caixa, têm como foco o controle das cheias das bacias dos Rios Atuba, Barigui, Belém, Ribeirão dos Padilhas e Iguaçu. São intervenções estruturais ou alternativas para regularizar a vazão das águas.

Os estudos e projetos para drenagem preveem também a identificação de áreas onde as famílias possam ser atingidas pelas enchentes, a indicação de solução para reassentamento ou urbanização dos espaços, e a implantação de parques lineares e recomposição florestal.

Os problemas causados pelas enchentes em Curitiba são históricos – datam da década de 1920. A área mais afetada da cidade é a região central, compreendida pela Rua Luiz Xavier e Praças Zacarias e Osório. Os problemas decorrem basicamente da localização geográfica. É que Curitiba está inserida na Bacia Hidrográfica do Alto Iguaçú, composta pelos Rios Atuba, Barigui, Belém, Passaúna e Ribeirão dos Padilhas.

FGTS

A Caixa Econômica Federal já iniciou, em Curitiba, o atendimento telefônico para liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores residentes nas áreas atingidas pelas cheias. O governo estadual decretou estado de calamidade pública em razão da enchente que atingiu sete bairros.

O modelo de atendimento eletrônico disponibiliza para os trabalhadores residentes na região atingida, com direito a receber o FGTS, a possibilidade de solicitar o saque de sua conta vinculada, pelo telefone 0800 726 0207, opção 3.

O trabalhador poderá ligar para esse número no horário de 8h às 21h, de segunda-feira a sexta-feira e no sábado, das 10h às 16h. Com esse novo modelo, o trabalhador poderá receber o seu recurso com mais segurança e comodidade, sem precisar sair de casa.

O atendimento presencial começará no dia 12 de agosto, para aqueles que já tiverem solicitado o saque pelo telefone, e será realizado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador, em qualquer agência da instituição financeira, até o dia 27 de agosto.


Agência de Notícias da Caixa
Fonte Agência de Notícias da Caixa 08/08/2014 ás 11h

Compartilhe

Curitiba executa plano para combater enchentes