CTNBio aprova uso de vacinas contra doenças em cavalos

Fonte Ascom do MCTI 17/05/2013 às 19h

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou a liberação comercial de duas vacinas contra doenças em cavalos – a ProteqFlu/influenza equina e ProteqFlu-Te/influenza e tétano, da empresa Merial Saúde Animal. A utilização da substância no Brasil recebeu 17 votos favoráveis, um contrário e duas abstenções dos membros do colegiado. A decisão ocorreu durante a 162ª reunião ordinária, realizada nesta quinta-feira (16), em Brasília.

 

As vacinas para uso em equinos se referem a dois tipos de doenças transmitidas por vírus - influenza equina (gripe) e tétano –, que se complementam e podem ser usadas apenas para influenza como em combinação para os dois tipos de enfermidades.

Segundo o pesquisador Francisco Aragão, um dos relatores do processo, as vacinas contra viroses em equinos já são utilizadas em vários países e, como no Brasil os animais também apresentam essas mesmas doenças, a liberação atende a uma demanda de veterinários brasileiros.

“Como é uma vacina derivada de um vírus geneticamente modificado, tinha que passar pela avaliação da CTNBio”, explica Aragão. “É um processo muito simples, que se refere à importação de produtos já prontos para aplicação no Brasil”, acrescenta o presidente da comissão, Flavio Finardi.

Criada em 2005, a CTNBio é uma instância colegiada multidisciplinar, que visa prestar apoio técnico-consultivo e assessoramento ao governo federal na formulação, atualização e implementação da Política Nacional de Biossegurança relativa a OGMs.

Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 17/05/2013 ás 19h

Compartilhe

CTNBio aprova uso de vacinas contra doenças em cavalos