CPB/ICMBio coordena oficina de avaliação do PAN dos Muriquis

Fonte Comunicação ICMBio no Nordeste 30/03/2013 às 10h

Cabedelo – PB  - Entre os dias 13 e 16 de março, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB/ICMBio), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), coordenou, na Academia Nacional da Biodiversidade (ACADEBio), em Iperó (SP), a Oficina de Avaliação de Meio Termo do Plano de Ação Nacional (PAN) para a Conservação dos Muriquis. O objetivo do evento foi analisar se as ações do PAN estão gerando os produtos esperados e se estes, por sua vez, possibilitarão o cumprimento dos objetivos traçados.

Esta avaliação também teve o propósito de definir ajustes e correções de rumo do PAN dos Muriquis por meio da verificação dos produtos das duas monitorias anuais já realizadas (em 2011 e 2012) e da monitoria de indicadores. Com a presença de diversos especialistas em muriquis, a oficina também serviu para dar andamento a algumas ações do PAN, como a assinatura de um Memorando de Entendimento sobre o uso de dados de registros de novas populações de muriquis e sobre o encontro Caratinga + 30, que será realizado na cidade de Caratinga (MG) em junho deste ano, reunindo grandes nomes da primatologia brasileira e mundial, abordando os mais de 30 anos de pesquisas com o muriqui-do-norte na região.

Instituições presentes

A oficina contou com a participação de 20 colaboradores, representando 19 diferentes instituições: CPB/ICMBio; Instituto do Ambiente do Rio de Janeiro (INEA); Fundação Biodiversitas; Conservação Internacional – Brasil; Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros (PZMQB); Floresta Nacional (FLONA) do Açungui; Centro de Manejo de Fauna Silvestre da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais de São Paulo (CBRN); Fundação Florestal de São Paulo; Universidade Federal de Goiás (UFGO); Centro de Estudos Ecológicos e Educação Ambiental (CECO); Universidade de Wisconsin (EUA); Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (IEMA); Instituto Estadual de Florestas do Estado de Minas Gerais (IEF-MG); Preserve Muriqui; Associação Pró-Muriqui; Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Campus Diadema; Instituto Eco Atlântica; Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) – Campus Cascavel.

Entre os resultados da Oficina de Avaliação de Meio Termo, destacam-se a elaboração da matriz de avaliação de meio termo e da nova matriz de planejamento do PAN dos Muriquis, incorporando os ajustes referentes a alguns objetivos e ações.

 

Comunicação ICMBio no Nordeste
Fonte Comunicação ICMBio no Nordeste 30/03/2013 ás 10h

Compartilhe

CPB/ICMBio coordena oficina de avaliação do PAN dos Muriquis