Conselho Empresarial do Brics ampliará negócios e cooperação econômica

Fonte Agência Brasil 27/03/2013 às 8h

Conselho Empresarial do Brics ampliará negócios e cooperação econômica

 

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff destacou hoje (27) em Durban, na África do Sul, a importância da criação do conselho empresarial do Brics (bloco formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul). Segundo ela, o conselho “complementa os esforços” dos empresários nas principais áreas de atuação dos países que integram o grupo - infraestrutura, agricultura, ciência e tecnologia. Dilma lembrou que o Brics enfrentou a crise econômica internacional mostrando sua capacidade de reação.

“Resistimos à crise global mostrando [nossa] a capacidade de crescimento econômico”, ressaltou a presidenta, na abertura da 5ª Cúpula do Brics, em Durban, reiterando que os números mostram os avanços conquistados pelos cinco países que formam o Brics e a confiança que o conselho promoverá com a ampliação e a aceleração da integração entre eles.

A cúpula reúne, além de Dilma, os presidentes Jacob Zuma (África do Sul), o anfitrião, Vladimir Putin (Rússia) e Xi Jinping (China), além do primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. Os líderes participam dos debates denominados Brics e África: Parceria para o Desenvolvimento, a Integração e Industrialização.

O comércio denominado intra-Brics, envolvendo os países do bloco, alcançou US$ 282 bilhões em 2012. Em 2002, o volume de comércio envolvia US$ 27 bilhões. Segundo o governo brasileiro, há estimativas de que o comércio possa chegar a mais de US$ 500 bilhões até 2015.

O comércio Brasil-Brics passou de US$ 7,6 bilhões em 2002 para US$ 91 bilhões em 2012 – o equivalente a um aumento de mais de 1000%. O conselho empresarial tem o objetivo de ampliar os negócios e a cooperação econômica dentro do bloco. A entidade terá caráter consultivo e deverá auxiliar os membros na formulação de propostas para a área.

Na cúpula, em Durban, há reuniões paralelas, das quais participam cerca de 40 executivos e empreendedores brasileiros. A ideia é estimular a participação da sociedade civil dos países que integram o Brics nos esforços de integração.

Durante o discurso hoje, a presidenta citou a parceria entre empresários brasileiros e sul-africanos para a modernização do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, por meio do consórcio Airports Company South Africa (Acsa). Dilma ratificou que o Brasil, a Índia, China, África do Sul e Rússia têm se esforçado para aprimorar nas áreas de infraestrutura, de agricultura, ciência e tecnologia.

A presidenta lembrou que os investimentos externos envolvendo os países do Brics chegaram a US$ 263 bilhões. Só para o Brasil, disse Dilma, foram da ordem de US$ 65 bilhões. Segundo ela, em investimentos externos o Brasil ocupa o quarto lugar entre os cinco países do bloco. A presidenta disse também que o objetivo é “atrair” ainda mais investimentos para o grupo.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 27/03/2013 ás 8h

Compartilhe

Conselho Empresarial do Brics ampliará negócios e cooperação econômica