Conselho de Segurança quer que responsáveis por ataques na fronteira sejam levados à Justiça

Fonte Agência Brasil* 14/05/2013 às 10h

Brasília - O Conselho de Segurança da ONU defendeu o julgamento dos responsáveis pelos ataques à bomba na fronteira da Turquia com a Síria, assim como na Líbia. Os ataques ocorreram nos últimos dias aumentando a tensão na região e provocando reações também em vários países. O governo do Brasil condenou os ataques e prestou solidariedade às populações e autoridades.

A ONU “condenou os ataques” na região turca de Reyhanli, no dia 11, que causaram, pelo menos, 48 mortos, e o atentado ocorrido em Benghazi, na Líbia ontem (13), que também deixou vítimas.

Em comunicado, o órgão destaca a “necessidade de levar os autores, organizadores, financiadores e patrocinadores destes atos de terrorismo à Justiça”. O texto apela à comunidade internacional para cooperar com as investigações turcas e líbias.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 14/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Conselho de Segurança quer que responsáveis por ataques na fronteira sejam levados à Justiça