Conselho autoriza BNDES a emprestar mais dinheiro à mineradora Vale

Fonte Agência Brasil 25/05/2012 às 8h
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderá emprestar mais dinheiro à mineradora Vale. O Conselho Monetário Nacional (CMN) suspendeu, até junho de 2015, o limite máximo de 25% do patrimônio de referência que o banco pode emprestar para a empresa.

O órgão também prorrogou por três anos, o prazo para que o banco ultrapasse esse teto nos empréstimos à Petrobras e Eletrobras. Desde 2009, as estatais estão isentas da restrição, que acabaria em julho deste ano. De acordo com o chefe do Departamento de Normas do Sistema Financeiro do Banco Central (BC), Sérgio Odilon dos Anjos, a suspensão dos limites foi necessária para que o BNDES cumpra a função de estimular o desenvolvimento.

“Áreas estratégicas precisam ter alocação de recursos. Com a decisão, o BNDES terá mais liberdade para emprestar à mineradora”, disse o técnico do BC. Embora a Vale não seja uma empresa estatal, Odilon disse que a suspensão do limite de empréstimo é estratégica para o país. “Um banco como o BNDES trabalha no longo prazo. Estamos tentando evitar a interrupção de recursos para uma área tão importante como a mineração”, declarou.

Pela regra geral, cada instituição financeira pode comprometer, no máximo, 25% do patrimônio de referência e 50% dos ativos permanentes (como compra de ações e prédios) com cada cliente. O BNDES, no entanto, pode ultrapassar esses limites com as três empresas.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 25/05/2012 ás 8h

Compartilhe

Conselho autoriza BNDES a emprestar mais dinheiro à mineradora Vale