Conjunto Época de Ouro recebe convidados no Rio

Fonte FUNARTE 20/05/2013 às 16h

Show faz parte do projeto Música na Cidade, da Funarte, na Sala Sidney Miller

Everson e Aquiles Moraes e Sakae Daidoji_Show Epoca de Ouro_Sala Sidney Miller Maio 2013
Everson Moraes, Aquiles Moraes e Sakae Daidoji

Everson Moraes, no trombone, Aquiles Moraes, no trompete, e Sakae Daidoji, no cavaquinho, são os convidados do Conjunto Época de Ouro, na próxima segunda, dia 20, às 17h, na Sala Funarte Sidney Miller, no Centro do Rio. O show é transmitido, ao vivo, pela Rádio Nacional AM (1.130KHz) e tem entrada gratuita. A apresentação semanal do Época de Ouro faz parte do projeto Música na Cidade, realizado pela Funarte. O programa é apresentado por Cristiano Menezes e tem a duração de 2h.

Os irmãos Everson e Aquiles Moraes participaram do documentário Brasileirinho e do show homônimo, ao lado de Zé da Velha, Silvério Pontes, Guinga e Joel Nascimento, entre outros. Os músicos têm gravado e se apresentado com diversos artistas, como Maria Bethânia, Bibi Ferreira, Marisa Monte, Chico Buarque, Dori Caymmi, Paulo Cesar Pinheiro, Altamiro Carrilho, Francis Hime, Hermínio Bello de Carvalho, Mário Adnet, Mauricio Carrilho, Lisa Ono, Nailor Proveta, Pedro Miranda, Zézé Gonzaga, Henrique Band e Antonia Adnet, entre outros. São integrantes do grupo Os Matutos, com o qual gravaram um disco, lançado em 2004, com o qual e têm realizado diversas apresentações.

Sobre Everson Moraes - Bacharel em trombone pela UniRio (2011), Everson é arranjador e compositor. Iniciou os estudos aos doze anos na banda Sociedade Musical Fraternidade Cordeirense, de Cordeiro, Região Serrana do Rio. Integrou as orquestras Furiosa Portátil, Rancho Flor do Sereno, Jobim Jazz, Afro Samba Jazz, Pixinguinha na Pauta e Ouro Negro. Atualmente, é professor da Escola de Música Villa-Lobinhos.

Sobre Aquiles Moraes - Aquiles toca trompete desde os 8 anos. Em 2002, começou a cursar a Escola Portátil de Música, tendo aulas com músicos consagrados, como Álvaro Carrilho, Maurício Carrilho, Luciana Rabello, Pedro Amorim, Celsinho Silva e Jorginho do pandeiro. Além de integrante do Os Matutos, faz parte orquestra Furiosa Portátil, da Escola Portátil de Música, com a qual fez diversas apresentações, desde 2005. Participou como professor de trompete do Festival Nacional de Choro, em 2010. Atualmente cursa o Bacharelado em Trompete pela UniRio.

Sobre o Conjunto Época de Ouro - O grupo teve grande importância no chamado movimento de resistência do choro, na década de 1960, quando a bossa nova reinava quase absoluta no cenário musical brasileiro. Com o falecimento de seu fundador, Jacob do Bandolim, em agosto de 1969, alguns compromissos foram adiados e o conjunto somente retomou suas atividades em 1973, a convite de Paulinho da Viola, para participar do espetáculo Sarau, no Teatro da Lagoa. Foi desta experiência que surgiu o Clube do Choro, idealizado por Paulinho da Viola e Sérgio Cabral, e todo um movimento no país em busca de dar maior visibilidade ao choro.

Atualmente, o Conjunto é formado por Jorginho do Pandeiro (diretor musical), Jorge Filho (cavaquinho), Ronaldo do Bandolim, Antônio Rocha (flauta), Toni Sete Cordas (violão de sete cordas) e André Belieni (violão).

Toda segunda-feira, das 17h às 19h, a Sala Funarte Sidney Miller recebe o Época de Ouro e seus convidados, para o programa da Rádio Nacional, aberto ao público e com entrada franca. A utilização do espaço resulta de uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes e a EBC – Empresa Brasil de Comunicação. Antes, o show era transmitido do auditório da Rádio Nacional, que atualmente passa por reforma. Foi no prédio da emissora, na Praça Mauá, Centro do Rio, que muitos talentos da música brasileira, hoje nomes famosos, foram revelados.

No repertório desta apresentação estão as músicas “Bonicrates de Muletas” – Jacob do Bandolim; “Carícia” – Jacob do Bandolim; “Seresteiro” – Benedito Lacerda; “Sonoroso” – K-Ximbinho; “Arranca Toco” – Jayme Florence; “Cheguei” – Pixinguinha; “Pisando Macio”: Astor Silva; “Falta-me Você”: Jacob do Bandolim; “Paciente” – Pixinguinha; “Bizoquinha”- Porfírio Costa; “De pai pra filho” – Alvaro Carrilho; “Amor não se compra” – Bonfiglio de Oliveira; “Dança do urso” – Candinho;“Lamentos” – Pixinguinha; “Delicado” – Waldir Azevedo; “Magoas” – Jacob do Bandolim; “Choro negro” – Paulinho da viola; “Inesquecível” – Paulinho da viola; “No tempo dos varandões” – Indio do cavaquinho e “Meu chorinho” – Jonas Silva.

Projeto Música na Cidade – Programa Época de Ouro
O Conjunto Época de Ouro recebe convidados

Dia 20 de maio de 2013, segunda-feira, das 17h às 19hApresentação gratuitaClassificação: 12 anos

Sala Funarte Sidney Miller
Rua da Imprensa, 16, Centro – Palácio Gustavo Capanema – Rio de Janeiro (RJ)Convites na bilheteria, a partir das 15hTel. (21) 2279-8087

Realização: Rádio Nacional AM – RJ (EBC)
Transmissão ao vivo do programa pela Rádio – 1.130KHz
Parceria: Fundação Nacional de Artes – Funarte

Mais informações
Funarte/Centro da Música
Tel.: (21) 2279-8601

FUNARTE
Fonte FUNARTE 20/05/2013 ás 16h

Compartilhe

Conjunto Época de Ouro recebe convidados no Rio