Conheça os cardeais favoritos ao pontificado

Fonte Ansa flash 09/03/2013 às 1h

Entre os favoritos está o brasileiro Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo

CIDADE DO VATICANO, 8 MAR (ANSA) - Às vésperas da realização do Conclave que irá eleger o sucessor do papa Bento XVI, alguns cardeais já com vantagem na hora das eleições. Muito se fala sobre a volta de um Papa italiano, ou mesmo um representando a América Latina, ou o primeiro Papa negro da história. Entre os principais candidatos temos cinco italianos, Angelo Scola, 71 anos, cardeal desde 2011; Gianfranco Ravasi, 72 anos, presidente do Pontifício Conselho para a Cultura e nomeado cardeal em 2010; Angelo Bagnasco, 70 anos, foi nomeado em 2007; Giuseppe Beotri, 65 anos, arcebispo de Florença e ex-secretário da Conferência Episcopal Italiana, nomeado em 2012; e Mauro Piacenza, 68 anos, atual Prefeito da Congregação para o Clero, nomeado cardeal em 2010. Outro país que tem um grande de número entre os principais candidatos são os Estados Unidos, com quatro cardeais. Donald William Wuerl, arcebispo de Washington, tem 72 anos e foi nomeado cardeal pelo papa João Paulo segundo em 1986; Sean Patrick O'Malley, 68 anos, arcebispo de Boston, elevado a cardeal em 2006; Raymond Leo Burke, 64 anos, prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica no Vaticano, cardeal desde 2010; e Timothy Michael Dolan, 63 anos, arcebispo de Nova Iorque, nomeado em 2012. Entre os latino-americanos temos o brasileiro Odilo Pedro Scherer, 63 anos, arcebispo de São Paulo, nomeado cardeal em 2007; o hondurenho Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga, 70 anos, arcebispo de Tegucigalpa desde 1993, elevado a cardeal em 2001; o mexicano Francisco Robles Ortega, 63 anos, arcebispo de Guadalajara nomeado cardeal em 2007; e o argentino Leonardo Sandri, 69 anos, prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais no Vaticano, cardeal desde 2007. Entre os possíveis papas africanos temos o nigeriano John Olorunfemi Onaiyekan, 69 anos, arcebispo de Abuja, elevado a cardeal em 2012, e o ganes Peter Kodwo Appiah Turkson, 64 anos, presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz no Vaticano, cardeal desde 2003. Outro nome forte é do filipino Luis Antonio Gokim Tagle, 55 anos, arcebispo de Manila, cardeal desde 2012. Esse seria o único asiático entre os fortes candidatos ao papado.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 09/03/2013 ás 1h

Compartilhe

Conheça os cardeais favoritos ao pontificado