Conheça 10 atletas brasileiros com chances de medalhas

Fonte Portal Brasil* 20/08/2014 às 12h
As chances de medalhas do Brasil são grandes já que é o país-sede dos Jogos. Conheça alguns dos atletas que estarão no Rio de Janeiro em 2016 e que são destaques em suas modalidades.
 

1-Arthur Zanetti: força e leveza na ginástica

Arthur começou no esporte aos cinco anos e, desde cedo, mostrou habilidade na prova das argolas, conquistando campeonatos infantis e juvenis.

O ginasta ganhou notoriedade a partir da Olimpíada de Londres, quando foi campeão olímpico nas argolas. Arthur somou 15.900 pontos e vencer o chinês Yibing Chen. Foi a primeira medalha brasileira na ginástica na história dos Jogos.

2-Larissa: garra nas areias 

A atleta paraense começou jogando vôlei de praia em Fortaleza e apareceu no cenário nacional treinando e competindo pela capital cearense.

Após um intervalo na carreira após as Olimpíadas de Londres, Larissa retorna ao cenário internacional com sua nova parceira, Talita, em busca de um bom resultado nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016.


3-Jaqueline Carvalho: a volta por cima de uma guerreira

A esposa do atacante Murilo, também da seleção brasileira masculina de vôlei, parou de jogar após ser bicampeã olímpica em Londres para dar luz ao filho Arthur. De volta em 2014, Jaqueline se prepara para o tricampeonato olímpico no Rio de Janeiro.

Jaqueline é uma das principais jogadoras de vôlei do País e esteve com a seleção brasileiras nas conquistas das Olímpiadas de 2008, em Pequim, na China, e de 2012, em Londres, na Inglaterra. Além disso, a bela é tricampeã do Grand Prix de voleibol feminino, levando os títulos de 2005, 2006 e 2008.

4-Cesar Cielo: velocidade embaixo dágua

Cesar morou na cidade de Auburn, nos Estados Unidos, para estudar e treinar na universidade da região. Seu desempenho nas piscinas o tornou um dos principais nadadores da história brasileira.

O atleta já tem seis medalhas de ouro em campeonatos mundiais de piscina longa, sendo tricampeão consecutivo nos 50m (Dubai-2010, Xangai-2011 e Barcelona-2013). Em Jogos Pan-Americanos já são outras sete medalhas douradas.

5-Sarah Menezes: o Nordeste brasileiro nas olimpíadas

Sarah Menezes chegou a Londres entre as promessas de pódio. Aos 22 anos e em sua segunda participação olímpica, a piauiense venceu por wazari a então campeã dos Jogos, a romena Alina Dumitru, e faturou o ouro.

Sarah repetiu o feito dos mestres Aurélio Miguel (Seul-1988) e Rogério Sampaio (Barcelona-1992) e quebrou um jejum de uma década do Brasil fora do topo do pódio nos Jogos. Com a conquista, a judoca se tornou líder do ranking

6-Poliana Okimoto: resistência em alto mar

A maratonista aquática nada desde os dois anos de idade e começou a competir com sete. Durante uma competição, levou um tapa na orelha que acabou machucando seu tímpano e obrigando que ela fizesse cirurgia e ficasse um tempo sem nadar.

Nas Olimpíadas de Pequim 2008, Poliana chegou em 7º lugar na prova da maratona aquática feminina. Participou das Olimpíadas de Londres 2012, na prova da maratona aquática feminina, mas foi desqualificada.

7-Hugo Parisi: elegância e sutileza nas piscinas

O nadador e atleta de saltos ornamentais pratica a modalidade desde os sete anos de idade. Ao longo de sua carreira esportiva possui resultados expressivos, sendo considerado um dos melhores saltadores do Brasil na atualidade.

Participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 em Atenas (Grécia), além de possuir os títulos de vice-campeão mundial juvenil (2002-Alemanha), vice-campeão pan-americano juvenil (2001-México), e ter sido por diversas vezes campeão sul-americano e brasileiro. É o atual campeão sul-americano absoluto de plataforma.

8-Anderson Varejão: gigante brasileiro nas quadras

O jogador de basquete atua na NBA e joga pelo Cleveland Cavaliers, nos EUA. Graças a seu penteado, ganhou vários apelidos. Com a seleção brasileira, Anderson já ganhou diversos títulos, inclusive o da Copa América de Basquetebol de 2009 realizada em Porto Rico, sendo cotado inclusive, para ganhar o prêmio de melhor jogador da competição.

Seus números na NBA (ate 16 de abril de 2011) são, por jogo da temporada regular: 419 jogos, 24,41 minutos, 9,1 pontos, 6,9 rebotes, 0,9 assistências, 0,9 roubadas de bola e 0,7 tocos. Totaliza até agora (abril de 2011) 2980 pontos. Também participou dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, ficando em quinto na competição após perder nas quartas de final para a Argentina.

9-Fabiana Murer: em direção às alturas

Fabiana de Almeida Murer é natural de Campinas. A atleta brasileira é campeã mundial, recordista brasileira e sul americana do salto com vara (4,85 m). Murer é considerada uma das saltadoras mais técnicas do circuito internacional.

Nos Jogos Olímpicos de Pequim, Fabiana teve uma de suas varas perdida, durante um dos seus saltos, o que atrapalhou o seu desempenho no salto com vara. No dia seguinte, a sua vara foi encontrada com as varas de outras atletas eliminadas.

10- Isaquias Queiroz: rapidez em cada remada

Em 2010, o atleta representou o Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude em 2 provas: Slalom e Velocidade.

Em 2011, no Campeonato Mundial Júnior de Canoagem de Velocidade 2011, em Brandenburg, ele conquistou a medalha de prata na prova não-olímpica do C1 500m Masculino, e o ouro na prova olímpica do C1 200m Masculino.2 sagrando-se, assim, o primeiro atleta brasileiro campeão mundial junior.

*Com informações do Ministério dos Esportes

Portal Brasil*
Fonte Portal Brasil* 20/08/2014 ás 12h

Compartilhe

Conheça 10 atletas brasileiros com chances de medalhas