Conferências e palestras abrem encontro preparatório em Porto Alegre

Fonte Ascom da SCIT 13/05/2013 às 17h

Com a presença do secretário executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), Luiz Antonio Elias, teve início na manhã desta segunda-feira (13) o 6º Encontro Preparatório ao Fórum Mundial de Ciência (FMC) 2013. A etapa de Porto Alegre servirá para ajudar a montar uma síntese dos temas a serem agendados e discutidos no FMC. A temática do evento, que segue até amanhã na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), é “Clima, saúde e alimentos: Desafios da ciência na América do Sul”.

 

O secretário estadual da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cleber Prodanov, é um dos anfitriões do encontro, organizado em parceria pela SCIT com o MCTI, a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Durante dois dias, o assunto será tratado por palestrantes e conferencistas de universidades, instituições de pesquisa e órgãos governamentais que atuam em áreas como ciência, inovação e tecnologia, saúde, educação, clima e produção agrícola. A síntese será levada ao fórum mundial, no fim do ano. "Mais do que um fórum de debate, pretendemos que seja também um fórum multiplicador das políticas públicas, aperfeiçoando as políticas do estado", disse o secretário executivo do MCTI. Elias defendeu a ousadia como uma forma de colocar o país no patamar de desenvolvimento que ele merece e no qual precisa estar. "Temos que ousar, ser criativos e produzir ciência para nos colocarmos também no mercado internacional."

No primeiro painel da manhã, atuou como moderadora a diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do RS (Fapergs), Nádya Pesce da Silveira, e o palestrante foi o pesquisador Gilberto Cunha, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Mapa). Ele falou sobre a agricultura brasileira e o papel da comunidade científica no clima, na educação e no desenvolvimento sustentável.

Meteorologia

Ainda naquele período, o coordenador do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI), Osvaldo de Moraes, falou sobre as dificuldades na previsão do tempo e a evolução da ciência ligada à meteorologia. Em seguida, o pesquisador Reinaldo Bomfim, do Instituto Tecnológico Simepar, abordou o tema “Eventos meteorológicos severos e sustentabilidade”. Ele relatou as dificuldades de prever a intensidade e os desdobramentos de tempestades, tornados e tsunamis e a importância de estudos que vêm sendo feitos para que esses serviços funcionem melhor e permitam à população se preparar, de modo que os efeitos sejam menores.

O último palestrante da manhã foi o pesquisador Angelo Massignam, da Empresa de Pesquisa e Expansão Rural de Santa Catarina (Epagri), que falou sobre “Mudança climática e a inovação para a produção de grãos”, trazendo dados sobre a produção no estado vizinho.

Entre os palestrantes estão também representantes da Pontifícia Universidade Católica (PUC), da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), da Fundação Araucária do Paraná. O encontro preparatório de Porto Alegre compreende a representação dos três estados da Região Sul.

Uma aula magna, com a participação do secretário Cleber Prodanov, dos presidentes do SBPC, Helena Nader, da ABC, Jacob Palis, e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), Jorge Almeida Guimarães, marca a abertura oficial do encontro, que continua amanhã (14), durante todo o dia, com mais duas sessões de conferência. A programação tem transmissão pela internet.

Sobre o FMC

O Fórum Mundial de Ciência será realizado em 25 e 26 de novembro no Rio de Janeiro e está sendo precedido de debates regionais, em sete capitais estaduais, para discutir questões relacionadas aos principais desafios da ciência no século XXI. É a primeira vez que o Brasil sedia o evento, que ocorre desde 1999 em Budapeste, na Hungria. O tema da edição 2013 é "Ciência para o desenvolvimento sustentável global". Os encontros preparatórios servem para criar uma agenda para o FMC.

O encontro no Rio de Janeiro reunirá políticos, tomadores de decisão, representantes da sociedade civil e grandes nomes da área científica brasileira e internacional. As sessões plenárias terão como tema "Desigualdades como barreiras para a sustentabilidade global", "Ciência política e governança", Integridade da ciência", "Ciência dos recursos naturais", "Ciência e o ensino da engenharia" e "O papel fundamental da ciência para a inovação".

 

Ascom da SCIT
Fonte Ascom da SCIT 13/05/2013 ás 17h

Compartilhe

Conferências e palestras abrem encontro preparatório em Porto Alegre