Conferência de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica ganha novo portal na Internet

Fonte ANCINE 05/03/2013 às 9h

Está no ar o novo portal da Conferência de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica – CACI, organismo multilateral voltado à promoção do desenvolvimento do setor audiovisual e ao fortalecimento de uma identidade cultural comum entre os países-membros. Além de uma seção de notícias, o novo portal inclui espaços para a apresentação dos Programas e Projetos da CACI e para Documentos e Publicações, incluindo informes e as atas de todas as reuniões ordinárias e extraordinárias da entidade.

 

“Além de promover a aproximação e a troca de experiências entre as cinematografias dos países ibero-americanos e estimular a coprodução e a cooperação entre os países, a CACI constitui um importante fórum de debates sobre as políticas públicas formuladas para o setor”, afirma o diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, que desde junho de 2011 é o titular da Secretaria Executiva da Cinematografia Ibero-americana (SECI), o órgão técnico e executivo da entidade. “O novo portal da CACI é uma ferramenta que contribui para essa integração, cada vez mais necessária para a expansão do mercado audiovisual desses países”, completa Rangel.

 

Criada em 1989, como resultado do Convênio de Integração Cinematográfica Ibero-americana assinado em Caracas, na Venezuela, a CACI é integrada pelas autoridades cinematográficas e audiovisuais máximas de 20 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

 

Entre os Programas desenvolvidos pela CACI destacam-se o Programa Ibermedia, fundo financeiro multilateral que estimula a cooperação técnica nas áreas de formação profissional, desenvolvimento de projetos e coproduções; o Programa Ibermedia TV, voltado à difusão da produção audiovisual dos países-membros por meio das redes públicas de televisão; o Programa DocTV LatinoAmérica, de fomento à produção e teledifusão de documentários latino-americanos; e o Observatório Ibero-americano do Audiovisual, um centro de informações estatísticas sobre o mercado cinematográfico e audiovisual dos países-membros.

 

“Em 2012, somente o Programa Ibermedia contemplou 45 projetos de coprodução, 64 projetos de desenvolvimento e 26 programas de formação”, lembra Manoel Rangel. “Destes, 14 projetos brasileiros foram premiados”.

 

Saiba mais sobre a CACI clicando aqui.

ANCINE
Fonte ANCINE 05/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Conferência de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica ganha novo portal na Internet