Conceitos sobre a Homeopatia

Fonte Eliete M M Fagundes 20/04/2013 às 11h

A homeopatia é uma ciência que harmoniza os seres vivos, humanos, animais, plantas, águas e solos. A característica principal da homeopatia é que faz experimentos em humanos. Os produtos naturais que adoecem os seres vivos, se usados em doses diluídas, irão gerar curas desde que sejam semelhantes à pessoa doente. Todos os registros históricos da literatura mundial descritos como adoecedores e geradores de doenças e morte, foram considerados, pela homeopatia, como suporte e prova de experimentos em humanos. A experimentação se faz quando um humano, ou propositalmente ou acidentalmente, ingere um produto tóxico e há o registro realizado por um observador.

Como exemplo, cito o Sócrates que recebeu um remédio judiciário: ensinava o povo da Grécia a pensar. Foi condenado a tomar o veneno cicuta. Ao ingeri-lo, seu amigo Platão anotou os sintomas que ele sentiu: descontração, calma, vertigens, tonteiras, convulsões, epilepsia e lucidez até os últimos momentos de vida. Quando encontramos uma pessoa com estes sintomas, é indicado Cicuta em forma homeopática, diluída e sucussionada. E, ao invés dela adoecer, ficará curada. Este é  o princípio básico da ciência da homeopatia.

 Datura stramonium é uma planta que, se ingerida em dose natural, gerará alucinações na pessoa, sintomas considerados de loucura: acha que é o próprio demônio, enxerga vultos imaginários que o atacam, monstros. Fala línguas estrangeiras, sem nunca ter estudado. Quando encontramos uma pessoa nesta situação indicamos Datura stramonium em dose homeopática e ela recupera sua lucidez.

 Arnica montana ingerida em dose natural causa hemorragias internas. Quando uma pessoa está com hemorragias, por acidente ou durante ou após uma operação, se indicado Arnica Montana em dose homeopática os sangramentos irão paralisar e vencer os hematomas. Arnica também é muito importante para resolver os traumas energéticos: sustos, medos, pavor de cenas chocantes.

     A lei da dose mínima no modelo homeopático, ao invés de se usar matéria, usa-se o insumo ativo diluído, através de diluições e sucussões sucessivas.  Este processo, se realizado até 100 vezes seguido, não resta mais matéria, apenas a energia, a informação dos efeitos curativos. A pessoa que apresenta os sintomas do medicamento ficará normalizada se ingerir a substância descrita em dose homeopática.

Características

A principal característica da homeopatia e das terapias naturais é que elas trabalham para reequilibrar a forma natural de cura dos seres vivos. As doenças pelo método natural são expelidas pelas fezes, urina, boca, nariz, olhos, ouvidos e pela transpiração. A homeopatia apenas oferece suporte energético para que o próprio indivíduo se harmoniza.  

Vantagens

Com rapidez nos resultados, a pessoa se livra de internações, operações invasivas, exames complicados, medicamentos com efeitos colaterais: a própria pessoa é que descreve não o nome da sua doença, mas o que ela sente, suas sensações, seus pensamentos, suas ideias, seus medos, angústias, tristezas. O homeopata pede-lhe para detalhar os horários das dores, das sensações, dos pontos do corpo humano e, com ajuda de repertórios impressos ou computadorizados, identificará qual é a melhor homeopatia para aquela pessoa. Os repertórios de homeopatia registram muitos sintomas desconhecidos pela alopatia.

 As doenças crônicas na homeopatia são consideradas predisposições hereditárias a adoecimentos. Quando a pessoa possui doenças crônicas e incuráveis e que a medicina oficial apenas ajuda na manutenção, sem curá-la, ainda neste caso a homeopatia age, porém mais lentamente. A doença regride e a pessoa, cada vez mais, recupera a sua energia vital e sua vontade de viver, com capacidade de trabalhar e de autodeterminação.

 

Eliete M M Fagundes, é professora convidada e coordena o Curso de Extensão de Homeopatia da Universidade Federal de Viçosa há 18 anos

eliete@homeopatias.com

http://www.homeopatias.com/

 

 

Eliete M M Fagundes
Fonte Eliete M M Fagundes 20/04/2013 ás 11h

Compartilhe

Conceitos sobre a Homeopatia