Comunidades quilombolas vão receber R$ 3,7 milhões no RS

Fonte FUNASA 14/05/2013 às 11h

 

Investimentos vão beneficiar mais de 300 famílias gaúchas (Foto: Suest/RS)

Investimentos vão beneficiar mais de 300 famílias gaúchas (Foto: Suest/RS)

A Funasa, por intermédio da Superintendência Estadual do Rio Grande do Sul (Suest/RS), liberou a primeira parcela de um total de R$ 3,7 milhões para a construção de Sistemas de Abastecimentos de Água (SAA) em comunidades quilombolas. Com os investimentos mais de 300 famílias do Rincão dos Martinianos, em Restinga Seca, e do Buriti em Vila Nova do Sul serão beneficiadas.

Os projetos foram entregues, na última semana de abril, aos dois municípios possibilitando que se dê início ao processo licitatório para a contratação das empresas que executarão as obras. “Este ato não é um fim, mas o início de uma caminhada que é fazer uma obra de qualidade , levando água tratada para populações historicamente excluídas”, enfatiza o superintendente estadual, Gustavo Mello.

Segundo ele, os recursos foram captados a partir da elaboração de projetos feitos pela Suest/RS e da inclusão do estado no programa Brasil sem Miséria, do Governo Federal. Ao todo, seis municípios gaúchos foram contemplados com projetos básicos e com R$ 31 milhões. As obras atenderão comunidades rurais que sofrem com a má qualidade e constante escassez de água e contemplam a captação por poço artesiano, rede de distribuição, reservatório, tratamento e ligações domiciliares.

FUNASA
Fonte FUNASA 14/05/2013 ás 11h

Compartilhe

Comunidades quilombolas vão receber R$ 3,7 milhões no RS