Como selecionar informações relevantes no mar de dados que recebemos

Fonte Lucky Assessoria 28/04/2013 às 11h

*Por Fernando Bins

Desde o princípio da civilização o ser humano reúne dados para armazenar as informações mais importantes para si. Desenhos e pequenos objetos foram guardados e tidos como referência para ditar sua forma de organização e convívio em sociedade. Foi usando sua inteligência e poder de armazenamento que o homem conseguiu tomar decisões e compreender o mundo que o cerca.

Ao longo dos tempos o homem passou por inúmeras mudanças e evoluções, com isso sua forma de comunicação também. Para se ter uma ideia, no ano 1.000 toda a informação do mundo podia ser concentrada em uma única biblioteca, e qualquer ser humano tinha condições de ler todas as obras existentes e absorver todo o conhecimento possível. Um pouco ilusório de imaginar esta realidade nos dias atuais, certo?

Hoje somos bombardeados de informações que chegam a todo momento por e-mails, SMS, telefone, isso sem falar nas mensagens divulgadas em redes sociais. Armazenar todos os dados não é só, no mínimo, muito estressante, mas impossível. Com a enxurrada de anúncios que chegam aos nossos olhos e ouvidos, temos que ter discernimento para filtrar o que é importante e, além disso, saber como se diferenciar para chamar a atenção de seu público-alvo em meio a este mar de dados que recebemos e enviamos.

Praticidade é a palavra-chave. Pensem em um executivo com a agenda lotada e cheio de reuniões para representar e palestrar. Ele obviamente não terá tempo para ler um email extenso e se atentar a pequenos detalhes ou comprar um produto que não seja facilmente compreendido e aceito. Para que todos saiam ganhando é necessário que haja uma sincronia de objetividade tanto para quem vende (envia a informação) como para quem recebe/compra. Hoje em dia ninguém mais tem tempo para escutar uma história demorada ou ler um texto enorme, por isso seja breve e sucinto. É isso que o diferenciará.

Vejo muitos profissionais palestrando e escrevendo livros sobre técnicas de como diferenciar seu produto em meio à concorrência e vender mais. Não que não ache isso válido, pois acho, mas a grande resposta para isso é muito simples. A facilidade gera fidelização de ambas as partes.

Seja breve para escrever um email, objetivo em um contrato ou acordo, em apresentações transmita a sua ideia com segurança e dinamismo. Mas cuidado, a agilidade pode causar desatenção e com isso todo o esforço terá sido em vão. O mercado procura profissionais competentes e rápidos, capazes de lidar com a correria do dia a dia e a velocidade implacável do mundo dos negócios.

*Fernando Bins é diretor comercial da Guasti Tecnologia da Informação.

Lucky Assessoria
Fonte Lucky Assessoria 28/04/2013 ás 11h

Compartilhe

Como selecionar informações relevantes no mar de dados que recebemos