Como cirurgias plásticas reparadoras podem tratar problemas de saúde e melhorar a auto-estima

Fonte Toda Comunicação 06/04/2013 às 11h

Cirurgias plásticas reparadoras são cada vez mais realizadas por cirurgiões para corrigir traumas causados por acidentes, queimaduras ou outros fatores externos.

O dia sete de abril é conhecido como o Dia Mundial da Saúde. Esta data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948, com o objetivo de melhorar a saúde da população mundial, conscientizar sobre a importância dela e alertar as pessoas sobre os principais problemas que podem atingi-las. Muitos ainda acreditam que saúde é sinônimo de doenças, relacionadas a temas como médicos, hospitais, remédios e tratamentos paliativos, porém, saúde começa com saneamento básico, higiene, educação, segurança alimentar e políticas de prevenção.

Muitas vezes consideradas supérfluas –erroneamente -, as cirurgias plásticas se tornaram muito mais do que questões estéticas – e com a tecnologia estão cada vez mais melhorando a qualidade de vida e de saúde das pessoas –tornando-se verdadeiramente uma questão de saúde pública. Cirurgias plásticas reparadoras são as que mais se encaixam neste contexto, pois corrigem traumas adquiridos, seja por acidentes, queimaduras ou outros fatores externos.

Por exemplo no caso da queimadura, que é uma lesão gerada por algum agente físico como o frio ou o calor, o Dr. Alderson Luiz Pacheco, especializado em cirurgia plástica de queimados, comenta que o atendimento a uma pessoa queimada pode ser realizado na fase aguda ou na fase tardia. “Na fase aguda são realizados cuidados locais com medicamentos eficazes em penetrar nos tecidos e matar as bactérias em crescimento, minimizando o dano aos tecidos” explica. Segundo o doutor, é também é nessa fase que é feita a reposição de volume com o soro fisiológico e calculada e apresentada a dose dos analgésicos, como a morfina, que deverão ser usadas no paciente - além do controle clinico geral do enfermo.

“Após essa recuperação, passa a ser possível a realização da cirurgia plástica reparadora, a qual envolve o tratamento de sequelas como retrações de cicatrizes que impedem o movimento de articulações, além de cirurgias plásticas de enxertos de pele e retalhos que devolvem a mobilidade e minimizam as cicatrizes decorrentes da queimadura”, ressalta Alderson.
As cirurgias plásticas reparadoras de queimaduras necessitam de cuidados especiais que vão além dos cuidados necessários em cirurgias plásticas estéticas, pois os danos da queimadura podem atingir desde a superfície da pele e do órgão ou até causar a perda total da substância do tecido epidérmico ou muscular, como acontece no caso da queimadura por choque.

“Por isso, a cirurgia reparadora trata não só da estrutura física do paciente, mas também cuida do seu estado psicossocial, pois o paciente minutos antes era saudável e após a queimadura está parcial ou completamente deformado” ressalta o especialista de Curitiba, graduado em medicina pela Universidade Federal do Paraná.

Um dos grandes problemas que afetam os cirurgiões da ala de queimados é a grande inalação de fumaça, por parte dos pacientes, que compromete todo o sistema respiratório dos mesmos. Os pacientes têm que ficar no respirador sem nem poder sair da UTI para realizar a cirurgia, que, muitas vezes, precisa ser realizada com toda a precisão ali mesmo.

O Dr. Alderson Luiz Pacheco vem se tornando referência em cirurgia plástica reparadora, além de ter grande destaque no tratamento de queimados em Curitiba (PR), devido sua grande experiência e atuação como cirurgião plástico de queimados no Hospital Universitário Evangélico de Curitiba da Faculdade Evangélica de Curitiba, onde fez sua residencia de cirurgia plastica, e, segundo ele, esse tipo de cirurgia plástica reparadora é muito mais do que estética, é algo que pode melhorar a auto-estima e até salvar a vida do paciente.

Doutor Alderson Luiz Pacheco (CRM-Pr 15715)

Cirurgião Plástico

Site: http://www.alplastica.com

Blog: http://draldersonluizpacheco.wordpress.com

Email: plastica.pacheco@yahoo.com.br

Fone: (41) 3022-4646 e 4141-4424

Endereço: Rua Augusto Stellfed, 2.176, Champanhat, Curitiba/PR.

Toda Comunicação
Fonte Toda Comunicação 06/04/2013 ás 11h

Compartilhe

Como cirurgias plásticas reparadoras podem tratar problemas de saúde e melhorar a auto-estima