Comissão de Meio Ambiente define propostas para Rio+20

Fonte Agência Senado 22/05/2012 às 14h
A definição de metas de desenvolvimento sustentável a serem atingidas por todos os países até 2030 e a renovação de compromissos que integrem crescimento econômico, proteção ambiental e inclusão social são duas das prioridades que os senadores da Comissão de Meio Ambiente (CMA) defendem para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio +20.

O documento preliminar com a posição dos integrantes da comissão, que ainda será discutido pelos senadores, foi apresentado nesta terça-feira pelo presidente da CMA, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). O texto reúne 14 pontos que os parlamentares querem ver contemplados no documento final da Rio+20.

Os senadores, por exemplo, defendem uma “conceituação mais precisa da economia verde e da sua importância como instrumento para promoção do crescimento econômico com proteção ambiental e inclusão social”.

– É preciso que o texto final tenha um conceito de economia verde claro o suficiente para que não haja vazios sobre o assunto, mas também para que não represente limites ou novas barreiras não tarifárias aos países em desenvolvimento – explicou Rollemberg.

Após a apresentação do documento, o senador Jorge Viana (PT-AC) informou que já está confirmada a participação de mais de cem líderes mundiais na Rio+20. Para ele, a ausência de alguns chefes de Estado não diminuirá a importância da conferência.

Ao concordar com Jorge Viana, o senador Pedro Taques (PDT-MT) disse acreditar que o evento “terá significativo valor para o futuro da humanidade”. No mesmo sentido, Rollemberg opinou que o maior legado da Rio+20 será a grande mobilização da sociedade civil.

Para a elaboração do documento da CMA, os senadores promoveram um ciclo de debates sobre temas que serão discutidos na conferência das Nações Unidas. A Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, participou do primeiro debate, quando manifestou sua convicção de que a conferência reafirmará o desenvolvimento sustentável como paradigma único.

Também foram realizados debates sobre os temas: “Inovação para a Sustentabilidade”, “Uso Sustentável da Energia” e “Cidades Sustentáveis”.

Agência Senado
Fonte Agência Senado 22/05/2012 ás 14h

Compartilhe

Comissão de Meio Ambiente define propostas para Rio+20