Comandantes do Hamas e crianças são mortos em Gaza

Fonte ANSA 21/08/2014 às 10h

Israel realiza bombardeios incessantes na região

21 Agosto, 09:51•GAZA•EBA

(ANSA) - Uma explosão em uma rua de Gaza City, na Faixa de Gaza, provocou a morte de dois adultos e três crianças na manhã desta quinta-feira (21), informaram fontes locais. Também três comandantes do Hamas foram mortos.

A aviação israelense está realizado ataques incessantes na Faixa de Gaza, informou a Rádio Jerusalém, segundo a qual, nas últimas horas foram atacados um carro em Gaza City e uma moto em Nusseirat, e todos os passageiros morreram. Um cemitério e outros locais da região também foram atacados. A rádio estima que cerca de 50 palestinos foram mortos na região nas últimas 24 horas com o fim da trégua de cessar-fogo.



Hamas

Ainda hoje serão realizados os funerais em Rafah dos três comandantes do Hamas mortos em um ataque aéreo israelense nesta quinta-feira, no sul da Faixa de Gaza, informaram as Brigadas Ezzedin al-Qassam. As vítimas seriam Mohammed Abu Chamala, Raed al-Atar e Mohammed Barhoum. A morte dos comandantes do Hamas foi confirmada por um porta-voz militar israelense.

Por sua vez, o líder do Hamas, Khaled Meshaal, afirmou nesta quinta-feira que a morte de crianças nos ataques israelenses em Gaza e "um verdadeiro Holocausto" e destacou que "combateremos até o final".

Meshaal também destacou a importância do Egito como mediador da crise a região. "Rejeitamos a proposta egípcia mas não o papel do Egito" nas negociações indiretas, disse ele.

O líder do Hamas se reunirá hoje em Doha com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Mhammoud Abbas em um encontro no qual estará presente também o emirado do Catar. "Agradecemos a Turquia e Doha pelo seu apoio", disse Meshaal.



Israel

O primeiro-ministro israelense, Benyamin Netanyahu, disse ontem (20) que o Hamas e o jihadistas do Estado Islâmico (conhecido como Isis) são "dois galhos da mesma árvore. O Hamas e parecido com o Isis, o Isis é parecido com o Hamas".

O premier realizou esta declaração a jornalistas ao comentar as imagens da decapitação do jornalista norte-americano James Foley por parte do Isis no Iraque. "Os dois são inimigos da paz, inimigos de Israel, inimigos de países civilizados", disse ele.



Israel convoca reservistas

O governo israelense anunciou nesta quinta-feira (21) a convocação de 10 mil reservistas das forças armadas do país, segundo a mídia local. A medida é para se defender dos constantes ataques de mísseis palestinos vindos de Gaza.(ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 21/08/2014 ás 10h

Compartilhe

Comandantes do Hamas e crianças são mortos em Gaza