Com obras da arena 94% concluídas, Recife discute Copa das Confederações

Fonte Portal da Copa de Recife 26/03/2013 às 16h


Com obras na reta final de conclusão, a Arena Pernambuco foi citada nesta terça-feira (26.03) pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, como exemplo dos esforços dos governos estadual e municipal na preparação de Recife para os grandes eventos esportivos. Durante a abertura do quarto encontro de alinhamento e integração dos Planos Operacionais da Copa das Confederações FIFA 2013, Aldo Rebelo destacou o cumprimento de prazos e mostrou confiança na capital pernambucana.

“Chegamos a Recife com uma notícia muito boa, que é a antecipação da implantação do gramado da Arena Pernambuco. Acho, portanto, que a nossa reunião de integração das ações será coroada de êxito. Só queria cumprimentar os responsáveis no governo federal, no governo de Pernambuco e na prefeitura de Recife por essas ações”, disse Aldo Rebelo. O estádio chegou aos 94% de conclusão e tem previsão de entrega para 14 de abril.

O CEO do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade, lembrou que Recife precisou adiantar as obras para poder participar da Copa das Confederações. “A partir de agora, é ver o que falta fazer, afinar detalhes. E esse é o intuito dessas reuniões, que foram muito exitosas em outras três cidades”, explicou.

Já realizado em Brasília, Rio de Janeiro e Fortaleza, o evento tem o objetivo de discutir detalhes e coordenar ações em 12 áreas estratégicas: telecomunicações, energia, coleta e controle de ingressos, vigilância sanitária, segurança, aeroportos, transporte e mobilidade, acomodação e receptivo turístico, saúde, cultura, meio ambiente, comunicação e voluntariado. Representantes de diversos setores dos governos municipal, estadual e federal, além do Comitê Organizador Local, participam da reunião.

Além do estádio, o ministro lembrou que as obras previstas para Recife na Matriz de Responsabilidade do governo federal estão com o planejamento definido. “Eu vejo Recife como caso exemplar. Com exceção de uma para ser entregue em fevereiro, as demais obras da Matriz de Responsabilidade estão planejadas para conclusão até dezembro de 2013. Mesmo sabendo que essas obras não são consideradas essenciais pelos organizadores, que são obras antecipadas, a maioria do PAC -, elas vão permitir à cidade fazer uma Copa com mais conforto, com mais tranquilidade. Então creio que Pernambuco e Recife têm condições de cumprir a nossa expectativa e tornar a Copa do Mundo um acontecimento de referência para o Brasil”, disse Aldo Rebelo.

Trabalho integrado
A integração entre as equipes dos governos municipal, estadual e federal foi reforçada pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. “Temos feito da integração um instrumento importante para cumprirmos as metas de trabalho que foram colocadas diante de nós. Essa integração nos permitiu fazer a antecipação de prazos, o que não é uma coisa singela. Agora é reta final, é cuidar do detalhe. Todos os prazos serão cumpridos. Até aqui vem dando tudo certo e com certeza daqui para frente vai dar tudo certo também”, disse.

O prefeito de Recife, Geraldo Júlio, também se mostrou confiante na preparação da cidade para a Copa das Confederações. “Estamos aqui em um importante momento. Todo o trabalho tem sido intenso. Recife conseguiu avançar bastante nos últimos tempos para ter a oportunidade de participar da Copa das Confederações. Essa reunião é mais um marco. Vamos tirar novos encaminhamentos para esses poucos dias que faltam para a Copa das Confederações. Tenho certeza de que, com tudo que está sendo feito, Recife e o estado de Pernambuco vão participar com grande sucesso”, afirmou.

Também participam do evento, que acontece no Mar Hotel, em Boa Viagem, o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luís Fernandes; o secretário extraordinário da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Leitão; o secretário de Esportes e da Copa de 2014 no Recife, George Braga; além de representantes da Casa Civil da Presidência da República, dos ministérios do Esporte, do Planejamento, da Fazenda, das Cidades, dos Transportes, da Defesa, da Justiça, da Saúde, do Turismo, do Meio Ambiente, das Minas e Energia, da Cultura e das Comunicações, do Gabinete de Segurança Institucional, da Secretaria de Aviação Civil da Presidência, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, da Secretaria de Portos, do COL, do Governo do Estado de Pernambuco, da Prefeitura de Recife, entre outros.

Calendário
Após Recife, o evento vai para Salvador (27.03) e Belo Horizonte (02.04). As reuniões seguem um padrão de horário, das 9h às 18h50. O ciclo de reuniões operacionais teve início em 12 de março, em Brasília, e passou pelo Rio de Janeiro, no dia 13, e Fortaleza, no dia 14.

Portal da Copa de Recife
Fonte Portal da Copa de Recife 26/03/2013 ás 16h

Compartilhe

Com obras da arena 94% concluídas, Recife discute Copa das Confederações