Colóquio do CBPF aborda a física de Ettore Majorana

Fonte Ascom do CBPF 15/04/2013 às 21h

O físico teórico italiano Ettore Majorana foi apontado como o mais promissor do seu tempo por Enrico Fermi, que o comparou a Galileu e Newton. Para falar sobre Majorana, o significado de sua produção científica e as circunstâncias que envolveram seu desaparecimento, o Ciclo de Colóquios 2013, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF/MCTI), recebe nesta terça-feira (16), no Rio de Janeiro, o físico Erasmo Recami.

 

Embora tenha desaparecido precoce e misteriosamente, em 1938, aos 31 anos, Majorana deixou legados importantes para a física, sendo o primeiro a propor uma equação quanto-relativística para quaisquer spins e uma teoria revolucionária sobre a questão da massa dos neutrinos – teoria que vem sendo investigada em experimentos no mundo todo. Deixou também cartas, dados e inúmeros manuscritos científicos inéditos que, além de permitirem esclarecer pontos da moderna investigação científica, podem apontar novas hipóteses para seu desaparecimento.

Erasmo Recami é autor do livro Il Caso Majorana: Epistolario, Documenti, Testimonianze, que reúne documentos e testemunhos sobre o caso, recolhidos durante cerca de três décadas.

O físico se graduou na Universidade de Milão e obteve sua livre docência em Roma, em 1971. Atualmente é professor na Universidade de Bergamo. Em 1984 iniciou um vínculo com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde foi professor titular e com a qual colabora até hoje, acumulando a produção, em associação com outros pesquisadores brasileiros, de cerca de 80 artigos científicos.

Leia mais.

 

 

Ascom do CBPF
Fonte Ascom do CBPF 15/04/2013 ás 21h

Compartilhe

Colóquio do CBPF aborda a física de Ettore Majorana