CMN reduz juros de financiamento estudantil

Fonte Informativo digital da Liderança do PT 19/11/2009 às 0h
O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou na última quarta-feira resolução que reduz a taxa de juros a ser aplicada nos novos contratos firmados com o Fundo de Financiamento ao Estudante de Curso Superior (FIES). O conselho reduziu a taxa para 3,5% ao ano. Antes, ela chegava a 6,5%. Segundo o assessor econômico do Tesouro Nacional, Mário Gouvêa, a medida não terá impacto fiscal.

Atualmente existem duas taxas que regem o Fies: 6,5% para os cursos em geral e 3,5% para licenciatura em cursos tecnológicos e medicina. Agora, todas os cursos terão a mesma taxa de 3,5%. “Em função no novo padrão da taxa de juros da economia brasileira, entendemos que é importante uma redução e equiparação do Fies a uma taxa de 3,5%, que contempla um incentivo importante para os alunos”, explicou o chefe da assessoria econômica do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt.
Informativo digital da Liderança do PT
Fonte Informativo digital da Liderança do PT 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

CMN reduz juros de financiamento estudantil