Cinco conselhos para obter sucesso com Links Patrocinados

Fonte Accesso 02/03/2013 às 11h

*por Mário Almeida

Somos quase 100 milhões de pessoas com acesso à internet! Para ser exato, de acordo com relatório apresentado pelo Ibope Media em dezembro de 2012, só no Brasil somos 94,2 milhões de pessoas conectadas à grande rede mundial. Além disso, a internet tornou-se o terceiro veículo em alcance, atrás apenas do rádio e TV, segundo informações apresentadas no projeto Inter-Meios.

Diante desse cenário, o varejo online, pequenas e médias empresas já fazem o uso de uma estratégia de marketing digital muito conhecida: a publicidade online por meio dos links patrocinados, ou seja, os anúncios de texto que ficam no lado direito ou em amarelo na tela que aparecem os resultados de uma busca. As vantagens são inúmeras, porém, para alcançar um bom retorno é importante se atentar a alguns fatores. Os principais são:

1. Estabeleça um objetivo e planeje: por meio deste, que poderá ser para defender e reforçar a marca (branding), aumentar a visitação ao site, estimular as vendas de determinados produtos ou até mesmo gerir uma crise de comunicação, é que você definirá todos os elementos do planejamento: palavras-chave, grupos de anúncios, entre outros.

2. Monitore o mercado: utilize as diversas ferramentas online (Google Trends, Google Adwords Keyword Tool, Google Zeitgeis, por exemplo) para identificar tendências de busca e audiências em expressões-chave, para assim entender os anseios e comportamento do consumidor. Esses tipos de ferramentas são fundamentais para o planejamento de qualquer ação de comunicação.

3. Defina expressões-chave relevantes: pense nas palavras-chaves como expressões-chaves e evite ao máximo o uso de termos amplos. Como assim? Se você trabalha com a venda de aparelhos celular e utiliza apenas a palavra “celular”, ela fica muito ampla. Afinal, quem busca por essa expressão, poderá estar procurando pelo aparelho em si, por planos pré-pagos ou pós-pagos, capas para o objeto e uma infinidade de possibilidades. Restrinja em um termo que seja relevante para o seu negócio. Assim, você evitará cliques desnecessários e não desperdiçará verba de sua campanha.

4. Crie landing pages específicas para as expressões-chaves primordiais: landing pages são as páginas de destino do link patrocinado. Sabemos que o internauta é impaciente e deseja que a informação seja entregue na velocidade da luz. Deste modo, evite diversos cliques para chegar até a informação correspondente do anúncio. Se assim for, o possível cliente voltará para o mecanismo de busca ou entrará em outro site. É altamente recomendado que não seja usada a página inicial do site da empresa como landing page, devido a diversidade de informação ali apresentada.

5. Monitore constantemente: uma das principais vantagens em se desenvolver estratégias no ambiente digital é a capacidade de acompanhar o desempenho das ações. Deste modo, na primeira semana, acompanhe todos os dias a performance dos anúncios e das expressões-chave. Após, faça os ajustes necessários para alcançar os objetivos definidos e monitore pelo menos uma vez por semana.

Analise o budget de marketing disponível em sua empresa e estude a possibilidade de investir nesse tipo de mídia para a publicidade. Depois, é só aproveitar os conselhos apresentados e gerar novos negócios para a sua marca.

(*) Mário Almeida é diretor da S4W Marketing Digital (www.s4w.com.br), agência de marketing e branding, sediada em Cornélio Procópio/PR, com atuação na região e em praças como Londrina e São Paulo.

Accesso
Fonte Accesso 02/03/2013 ás 11h

Compartilhe

Cinco conselhos para obter sucesso com Links Patrocinados