Cientista sueco comanda investigações sobre uso de armas químicas na Síria

Fonte Agência Brasil* 27/03/2013 às 8h

Brasília - O cientista sueco Ake Sellstrom, um veterano das investigações sobre o arsenal iraquiano na década de 1990, comandará as operações de apuração do uso de armas químicas na Síria. Sellstrom foi nomeado pela Organização das Nações Unidas (ONU). A crise na Síria começou há dois anos e há suspeitas de uso de armas químicas nos confrontos envolvendo integrantes do governo e da oposição.

O período para a investigação na Síria não tem prazo definido. A escolha do cientista sueco, segundo o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, foi baseda na necessidade de um perito que não pertença ao chamado P5.

O P5 é integrado pelos Estados Unidos, a Rússia, China, França e o Reino Unido. A iniciativa de Ki-moon é para evitar o acirramento das divergências do grupo sobre os conflitos na Síria.

O representante da Rússia na ONU, Vitaly Churkin, reclamou de ter sido excluído. A Rússia é um dos países que apoiam a Síria.

Sellstrom deve investigar as suspeitas de que, no último dia 19, houve uso de armas químicas pelos rebeldes em Alepo. Os governos da França e do Reino Unido pediram que a investigação também apure o uso de armas químicas perto de Damasco.

*Com informações da agência pública de informações de Portugal, Lusa

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 27/03/2013 ás 8h

Compartilhe

Cientista sueco comanda investigações sobre uso de armas químicas na Síria