China registra mais de 2 mil terremotos em menos de três dias

Fonte Agência Brasil* 22/04/2013 às 20h

Brasília – Mais de 2 mil repetições de terremoto, quatro das quais com magnitude acima dos 5 graus na escala Richter, abalaram o Sudoeste da China desde os tremores de sábado, dia 20, que mataram 192 pessoas e deixaram 23 desaparecidas. As informações são da agência sismológica chinesa e da agência pública de notícias, Xinhua.

Baoxing e Lushan, epicentro do sismo, integram o município de Ya'an, a 120 quilômetros de Chengdu, a capital da província de Sichuan. O terremoto do último sábado atingiu 7 graus na escala de Richter. Em Baoxing, cerca de 26 mil casas foram destruídas.

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, foi a Ya'an para comandar as operações de resgate, que envolvem socorristas, médicos, enfermeiros, militares e agentes da polícia. Estudantes foram transferidos de colégios, pois 38 escolas ficaram destruídas na região de Sichuan.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa, e da agência pública de notícias da China, Xinhua

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 22/04/2013 ás 20h

Compartilhe

China registra mais de 2 mil terremotos em menos de três dias