China já registra 26 mortes em decorrência do vírus H7N9

Fonte Agência Brasil* 02/05/2013 às 9h

Brasília – O novo vírus da gripe aviária, o H7N9, que atinge parte da China, já matou 26 pessoas. A última vítima é um homem, de 55 anos, que morreu em Hunan, no Centro do país. A maior parte dos afetados entre os 127 casos registrados está no Leste da China. Cientistas estão preocupados com a rapidez da propagação do vírus H7N9.

Ainda há dúvidas entre os especialistas sobre a transmissão do H7N9 entre humanos. Algumas pesquisas mostram que é comum a contaminação entre pessoas da mesma família.

A última vítima do vírus morreu após o tratamento médico, de acordo com informações do Departamento de Saúde e Planejamento Familiar de Hunan. O homem foi transferido do Hospital Popular Municipal Liuyang para o Centro Municipal de Changsha para o Controle e Prevenção de Doenças, em abril.

*Com informações da BBC Brasil e da agência pública de notícias da China, Xinhua

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 02/05/2013 ás 9h

Compartilhe

China já registra 26 mortes em decorrência do vírus H7N9