China confirma décimo caso de vítima contaminada pelo vírus H7N9

Fonte Agência Brasil* 04/04/2013 às 9h


Brasília – O governo da China confirmou hoje (4) um novo caso de infecção humana pelo vírus da gripe aviária H7N9, na província de Zhejiang. Com mais este caso, chega a dez o número de pessoas infectadas. O novo caso é de um homem, de 64 anos. Das dez pessoas infectadas, todas na China, três morreram - duas em Shanghai e uma na província de Zhejiang.

Para os especialistas, é essencial descobrir a origem da infecção e o modo de transmissão do vírus para os humanos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu a gravidade da situação, mas descartou o risco de pandemia.

Ontem (3) a OMS confirmou que o vírus H7N9, que até então afetava apenas aves, sofreu mutações para uma forma capaz de infectar as pessoas. Até ontem havia sete casos confirmados de pessoas infectadas pelo vírus H7N9.

Autoridades sanitárias não conseguiram estabelecer qualquer relação epidemiológica entre os infectados associando os casos às áreas geográficas. Há estudos sobre dois dos casos de pessoas que mantiveram contatos com aves e dois com porcos. A possibilidade de os suínos serem a fonte de contágio não foi confirmada.

De 2009 a 2010, segundo balanço da OMS, 18,5 mil pessoas morreram devido à gripe H1N1 que teve início no México e propagou-se de forma pandêmica. De acordo com dados da organização, a maioria das gripes sazonais contabiliza de 250 mil a 500 mil mortos por ano.

 


*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 04/04/2013 ás 9h

Compartilhe

China confirma décimo caso de vítima contaminada pelo vírus H7N9