Chávez agradece a Berlusconi por hospitalidade em Veneza

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O presidente venezuelano, Hugo Chávez, deixou hoje Veneza com um agradecimento ao premier italiano, Silvio Berlusconi, por ter ajudado na viagem, pela segurança e pela hospitalidade do país.

"Acabo de falar por telefone com Berlusconi", disse Chávez ao deixar o hotel Des Bains, onde se hospedou no Lido para assistir ontem ao filme "South of the Border", de Oliver Stone, exibido fora da competição no 66º Festival Internacional de Cinema de Veneza.

A obra, que narra a história do presidente venezuelano, contou com depoimentos dos governantes de Brasil, Equador, Bolívia, Cuba, Paraguai e Argentina, além do próprio Chávez.

Ainda em Veneza, onde chegou na tarde de ontem, Chávez disse que esta viagem "alimenta o espírito de comunicação entre os povos italiano e venezuelano".

"Já disse ao presidente [italiano, Giorgio] Napolitano, independente de nossa ideologia política devemos fomentar a comunicação entre nossas populações", afirmou.

O chefe de Governo da Venezuela falou também das semelhanças entre os dois povos. "Na Venezuela, há milhares de italianos", disse Chávez declarando ser um "garibaldino", de Giuseppe Garibaldi, "o libertador de dois mundos, grande admirador de [Simon] Bolívar", que liderou esforços pela libertação da dominação espanhola sobre países da América Latina no início do século XIX.

Garibaldi, que viveu de 1807 a 1882, ficou conhecido como "herói de dois mundos" por ter participado de conflitos na Itália e na América do Sul.

Em uma viagem muito amistosa, Chávez ainda disse que sua mãe desejava que ele fosse padre. "Minha mãe queria que eu fosse padre (...). Sou católico e respeito muito a Igreja. Até agora, encontrei João Paulo II duas vezes e uma vez Bento XVI".

O encontro com Joseph Ratzinger ocorreu em maio de 2006, quando o governante latino-americano realizou uma visita de dois dias a Roma. Ontem, Chávez disse que gostaria de reencontrar o Pontífice.

Hoje, após uma semana fora de Caracas, Chávez inicia sua visita a Belarus, onde permanecerá até amanhã. Antes, ele passou por Líbia, Síria, Argélia, Irã e Turcomenistão. Ainda estão previstas escalas na Rússia e na Espanha.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Chávez agradece a Berlusconi por hospitalidade em Veneza