Charles Aznavour define como "ótima" a atribuição do Nobel da Paz a Obama

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O cantor e ator Charles Aznavour, recentemente nomeado embaixador suíço na Armênia, definiu como "ótima" a decisão de conceder ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o Prêmio Nobel da Paz.

"Esperamos agora o verdadeiro rosto da paz", comentou o artista, que é francês, de origem armênia e possui, desde dezembro de 2008, cidadania norte-americana.

Considerado um dos principais artistas franceses e com mais de 100 milhões de discos vendidos, Aznavour está na Itália para seis apresentações -- em Parma, Florença, Milão, Roma, Catanzaro e Bari. Seu último show no país foi realizado 26 anos atrás.

Obama foi anunciado hoje como o Prêmio Nobel da Paz 2009, devido aos seus esforços diplomáticos pela retomada das negociações de paz no Oriente Médio e ao seu empenho para deter a produção de armas nucleares.

Ao se pronunciar, o governante norte-americano disse ter ficado "surpreso" com a premiação e a aceitou "como um chamado à ação para todas as nações frente aos desafios do século XXI".

"Sou o comandante-em-chefe de uma nação que está terminando uma guerra", a do Iraque, e que, no Afeganistão, "está enfrentando uma guerra com adversários" que ameaçam os Estados Unidos e o mundo", disse.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Charles Aznavour define como "ótima" a atribuição do Nobel da Paz a Obama