Chanceler da Argentina passa a tarde em Brasília para negociar acordos comerciais

Fonte Agência Brasil 15/05/2012 às 10h
Em meio às polêmicas sobre a expropriação da petrolífera YPF e da retomada das negociações sobre o controle das Ilhas Malvinas, o ministro das Relações Exteriores da Argentina, Héctor Timerman, passa o dia hoje (15) em reuniões em Brasília. Oficialmente, os encontros fazem parte da agenda periódica das autoridades dos dois países.

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, almoça com Timerman e depois eles se reúnem à tarde. A previsão é que o chanceler argentino chegue a Brasília por volta do meio-dia, almoce com Patriota e, em seguida, participe de uma reunião que deve durar cerca de uma hora. Não há, por enquanto, entrevista coletiva programada.

De acordo com diplomatas, eles vão discutir a agenda bilateral com ênfase na integração econômica e comercial, além de temas globais. O Brasil é o principal parceiro comercial da Argentina. Em 2011, o intercâmbio cresceu 20,2% em relação ao ano anterior, alcançando o montante de US$ 39,6 bilhões – o mais elevado nível histórico.

No mês passado, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, logo depois de anunciar a expropriação da petrolífera YPF, administrada pela espanhola Repsol, enviou uma missão a Brasília para tranquilizar as autoridades brasileiras sobre as mudanças no setor na Argentina. Patriota também se reuniu com as autoridades argentinas na ocasião.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 15/05/2012 ás 10h

Compartilhe

Chanceler da Argentina passa a tarde em Brasília para negociar acordos comerciais