CGU quer estimular participação social no controle de gastos públicos

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
A participação da sociedade no acompanhamento da gestão pública vai ser discutida até domingo (27) em um seminário organizado pela Controladoria-Geral da União. A ideia é divulgar iniciativas que estimulem a participação da sociedade, especialmente no que se refere aos gastos públicos.

O ministro da CGU, Jorge Hage, destacou hoje (25) que a criação do Portal da Transparência, em 2004, foi uma das principais formas de permitir a participação direta dos cidadãos. “O primeiro passo para o controle social é oferecer informação ao cidadão. Informação fácil, traduzida em linguagem da cidadania, sem precisar de senha ou cadastro”, disse Jorge Hage. “Sem informação, o controle social é um belo discurso”, acrescentou.

A secretária Nacional de Renda e Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social, Lúcia Modesto, disse que o tema é de maior importância para a sociedade. “Não é possível operacionalizar políticas públicas se não tivermos a participação da sociedade”, comentou. “O combate à pobreza e à desigualdade é de responsabilidade de todos nós”, acrescentou.

Lúcia Modesto lembrou que o programa Bolsa Família é um exemplo de participação da sociedade na implementação de políticas públicas para reduzir a desigualdade. “Não seria possível chegar onde chegamos se não tivéssemos o compromisso da participação, do controle social”, ressaltou.


Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

CGU quer estimular participação social no controle de gastos públicos