Cerimônia do Dia da Vitória reverencia ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial

Fonte Ascom - MD 08/05/2012 às 20h

Cerimônia do Dia da Vitória reverencia ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial

Coroa de flores, chuva de pétalas e salva fúnebre de tiros no Túmulo do Soldado Desconhecido marcaram as comemorações do Dia da Vitória deste ano. A cerimônia, presidida na manhã desta terça-feira pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, teve o objetivo de homenagear os militares combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB). Personalidades civis e militares também foram condecoradas com medalhas.

Sempre celebrada em 8 de maio, o dia marca a assinatura de um armistício, em 1945, que colocou fim à batalha mundial. “A data que comemoramos hoje é de distinto orgulho para a defesa. No combate travado pela democracia, marinheiros, soldados e aviadores contribuíram para a vitória gloriosa de nossas Forças Armadas”, afirmou Celso Amorim.

A cerimônia aconteceu no Monumento aos Mortos da 2ª Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, e teve início com a entoação do Hino Nacional. Houve, também, o canto do Hino da Bandeira e desfile de grupamentos das três Forças, além de veteranos ex-combatentes – conduzidos em jipes do Clube de Veículos Militares Antigos do Rio de Janeiro (foto abaixo).

Estiveram presentes os comandantes do Exército, general-de-exército Enzo Martins Peri, e da Aeronáutica, tenente-brigadeiro-do-ar Juniti Saito; o diretor-geral de Operações Navais, almirante-de-esquadra, Gilberto Max Roffé Hirschfeld, representando o comandante da Marinha; o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general-de-exército José Carlos De Nardi; e demais autoridades civis e militares.

Medalha da Vitória

Criada pelo Decreto nº 5.023, de março de 2004, a Medalha da Vitória foi feita em reconhecimento à atuação do Brasil em defesa da liberdade e da paz, principalmente na 2ª Guerra Mundial.

A comenda é entregue aos militares das Forças Armadas, civis nacionais e estrangeiros, policiais e bombeiros militares, além de organizações militares e instituições civis nacionais que tenham contribuído para a difusão dos feitos da FEB. O objetivo da condecoração é agraciar, também, os que participaram de conflitos internacionais de defesa, integram missões de paz e prestam serviços de apoio ao Ministério da Defesa.

Este ano, mais de 320 personalidades civis e militares receberam a medalha. Uma instituição de cada Força foi agraciada: o Comando-em-Chefe da Esquadra, da Marinha do Brasil; o 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, do Exército Brasileiro; e o Comando-Geral do Pessoal, da Força Aérea Brasileira. Esses órgãos receberam a insígnia da Vitória diretamente das mãos do ministro da Defesa.
Ascom - MD
Fonte Ascom - MD 08/05/2012 ás 20h

Compartilhe

Cerimônia do Dia da Vitória reverencia ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial