Cardozo vai à Bolívia e discute questão de fronteiras e situação de torcedores corintianos presos

Fonte Agência Brasil 17/04/2013 às 20h

Brasília – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, passou o dia de hoje (17) reunido com autoridades das áreas de segurança, Justiça e fronteiras, em La Paz, na Bolívia. Ele discutiu propostas para intensificar a fiscalização nas regiões fronteiriças e também a questão envolvendo os 12 torcedores corintianos detidos em Oruro (Bolívia).

As reuniões ocorrem no momento em que o Brasil articula com a Bolívia, o Peru e o Equador acordos para minimizar os efeitos da imigração de haitianos e o caso dos torcedores brasileiros que aguardam definição da Justiça boliviana.

As autoridades da Bolívia fizeram hoje (17) a reconstituição informal do episódio envolvendo torcedores brasileiros que terminou com a morte do jovem Kevin Espada, 14 anos, no Estádio de San José, em 20 de fevereiro deste ano. Desde a morte de Espada, 12 torcedores do Corinthians são mantidos detidos no presídio de San Pedro, há quase dois meses.

A operação é chamada na Bolívia de “inspeção ocular” e está sob comando do Ministério Público de Oruro, que fica a cerca de oito horas de carro de La Paz, capital da Bolívia. A Embaixada do Brasil em La Paz foi informada sobre a reconstituição.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 17/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Cardozo vai à Bolívia e discute questão de fronteiras e situação de torcedores corintianos presos