Cardeal decano pede que todos cooperem para a unidade da Igreja

Fonte Agência Brasil/EBC 12/03/2013 às 15h

Cardeal decano pede que todos cooperem para a unidade da Igreja

 

Vaticano – Com a Basílica de São Pedro lotada, o cardeal emérito Angelo Sodano destacou a necessidade de o sucessor do papa emérito Bento XVI atuar em defesa da unidade da Igreja Católica Apostólica Romana. Segundo ele, é importante lembrar que, até mesmo na unidade, é necessário respeitar a diversidade, como ensinou São Paulo. Ele pediu a colaboração de todos em busca da unidade da Igreja.

“São Paulo explica que na unidade da Igreja existe uma diversidade de dons, segundo a multiforme graça de Cristo, mas essa diversidade está em função da edificação de Cristo”, ressaltou dom Sodano. “Todos nós somos chamados a cooperar com o sucessor de Pedro [o papa eleito], fundamento visível de tal unidade eclesial.”

O apelo de dom Sodano ocorre no momento em que a Igreja sofre com as denúncias de casos de pedofilia, abuso sexual e desvios de recursos no Banco do Vaticano. O clima de desconforto aumentou ainda mais com a decisão de Bento XVI de renunciar, abrindo a discussão sobre a necessidade de promover reformas na instituição.

Dom Sodano também destacou que o papa eleito deve trabalhar pela justiça e paz mundiais com amor: “Uma obra em nível mundial”. “Meus irmãos, rezemos a fim de que o Senhor nos conceda um pontífice [papa] que realize com coração generoso tal nobre missão. É o que Lhe pedimos”, ressaltou dom Sodano.

Depois da missa, os 115 cardeais, que têm direito a voto no conclave (que elegerá o papa), almoçam e passam por um período de pausa e de concentração. O início da primeira votação está marcado para as 17h. A fumaça branca, se houver papa, e escura, na ausência de consenso, deve ser vista no final da tarde ou começo da noite.

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 12/03/2013 ás 15h

Compartilhe

Cardeal decano pede que todos cooperem para a unidade da Igreja