Captação de água no Paraíba do Sul continua interrompida em Quatis

Fonte Agência Brasil 14/05/2013 às 14h

 

Rio de Janeiro – Nove dias depois do vazamento de 49 mil litros de óleo diesel, a captação de água no rio Paraíba do Sul pelo município de Quatis, no sul fluminense, continua interrompida. Apesar disso, não há falta de água na cidade, já que o abastecimento está sendo feito por outras duas subestações que são responsáveis por fornecer cerca de 40% da água da cidade.

A prefeitura de Quatis informou, em nota, que está aguardando o laudo técnico que certifique a qualidade da água distribuída à população, para normalizar a captação.

A presidenta do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, disse que novas medidas de segurança podem ser adotadas pelo órgão para evitar vazamentos como o que ocorreu no oleoduto da Transpetro, em São José do Barreiro (SP). “Teremos uma reunião na quinta-feira (16) para avaliar medidas adicionais de segurança em função do acidente, mas o episódio em si não causa mais nenhum problema. O que continua é o trabalho de coleta do óleo que ficou retido no campo, não afetando a qualidade da água”.

Marilene disse também que há a possibilidade de a Transpetro ser multada pelo incidente, mas isso apenas será decidido depois de concluído o relatório final, o que deve ocorrer ainda esta semana.
Em nota, a Transpetro informou que medidas preventivas foram adotadas visando a proteger as áreas de captação "de eventuais resquícios de óleo diesel que possam aparecer com a movimentação das águas do rio".

Cerca de 49 mil litros de óleo diesel vazaram em consequência de suposta ação de criminosos ter danificado uma válvula no duto de óleo em São José do Barreiro (SP). O resíduo atingiu o Rio Formoso, a 400 metros da base da Petrobras, até desaguar no Rio Sesmaria, em Resende, e atingir o Rio Paraíba do Sul, na segunda-feira(6).

O vazamento provocou uma mancha de 30 quilômetros de extensão e causou a interrupção do abastecimento de água em Resende, Porto Real, Volta Redonda, Pinheiral, Quatis e Barra Mansa. Com exceção de Quatis, todos os outros municípios já normalizaram a captação de água do Paraíba do Sul.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 14/05/2013 ás 14h

Compartilhe

Captação de água no Paraíba do Sul continua interrompida em Quatis