Capacitação em ranicultura fortalece extensão e pesquisa

Fonte Embrapa 22/08/2014 às 14h
A Embrapa Agroindústria de Alimentos (Rio de Janeiro, RJ), em parceria com o Instituto de Pesca de São Paulo, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) estão selecionando candidatos para participar do curso "Capacitação de multiplicadores e agentes mediadores para a transferência de tecnologia e acompanhamento de empreendimentos em Ranicultura", que acontece em Vitória (ES) nos dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro.

O curso é parte do projeto "Construção de uma rede de interação e aprendizagem para a transferência de tecnologia na cadeia ranícola brasileira", sob a coordenação do pesquisador da Embrapa, Dr. André Yves Cribb. O objetivo principal é promover o desenvolvimento da cadeia ranícola brasileira por meio da implementação de um canal de integração, aprendizagem e colaboração entre pesquisadores, extensionistas e demais atores.

O curso abrangerá um amplo leque de aspectos teóricos e práticos relacionados à produção de rãs. Inicialmente, serão selecionados agentes multiplicadores e ministradas aulas sobre a biologia do animal, manejo físico, sanitário e alimentar de ranários, reprodução e técnicas de indução hormonal, instalações, abate, processamento, comercialização, e legislação. Os cursos serão acompanhados por um livro com sugestões de implantação e detalhes de construção de tanques.

Um dos objetivos específicos do projeto é capacitar extensionistas capazes de colaborar na ampliação de serviços técnicos e facilitar a aproximação entre o setor de pesquisa e o setor de produção na cadeia ranícola brasileira. A concretização deste plano fornecerá importante instrumental teórico e metodológico para a elaboração de um modelo didático de gestão da extensão e fomento de pesquisas para apoiar a cadeia produtiva da ranicultura.

Quem pode fazer o curso

- Técnicos e assistentes ligados a Agências Municipais, Estaduais ou Federais;

- Graduados, Pós-graduados, Mestres e Doutores na área de Ciências Agrárias.

É desejável que os candidatos tenham conhecimento prévio na área de ranicultura e ou criação de organismos aquáticos.

Os interessados devem enviar e-mail para claudia@pesca.sp.gov.br, solicitando o questionário a ser preenchido.



Embrapa
Fonte Embrapa 22/08/2014 ás 14h

Compartilhe

Capacitação em ranicultura fortalece extensão e pesquisa