Câmara Legislativa vai homenagear o professor Coutinho

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 28/03/2013 às 17h

Arquiteto José Carlos Córdova Coutinho receberá o título de cidadão honorário de Brasília no próximo dia 19. Em visita à UnB, deputada Arlete Sampaio convidou reitor para mesa de abertura.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal vai conceder o título de cidadão honorário de Brasília ao arquiteto, urbanista e professor emérito da UnB, José Carlos Córdova Coutinho. A solenidade está marcada para 19 de abril, às 19h, no Plenário da Casa Legislativa.

Conhecido carinhosamente como professor Coutinho, José Carlos é gaúcho de São Leopoldo (RS). Formou-se arquiteto pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1960. Tem pós-graduação lato sensu em Planejamento Urbano pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal e pela Universidade de Edimburgo, Escócia. Na UFRGS, foi professor da Faculdade de Arquitetura entre 1967 e 1968.

Chegou à UnB em 1968 e, após 37 anos de casa, se aposentou compulsoriamente em 2005, mas não parou de dar sua contribuição à UnB. Atualmente é membro ativo do Conselho Editorial da Editora UnB e da Comissão UnB 50 anos. Em 2012, recebeu o título de professor emérito, concedido ao docente, aposentado na universidade, que tenha alcançado uma posição eminente em atividades universitárias.

Coutinho também é reconhecido como permanente ativista e militante da cidade de Brasília, contribuindo há mais de quatro décadas para o aprofundamento e a qualificação do debate sobre a capital federal, sua preservação como Patrimônio Cultural da Humanidade, e os rumos do seu desenvolvimento urbano e territorial.

Atuou em diversas instituições profissionais e organismos de representação pública ligados à Arquitetura e ao Urbanismo, às Artes e à Cultura, como a Comissão de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (CEAU) do DAU/MEC entre 1973 e 1979 e, na esfera do Governo do Distrito Federal, como membro dos Conselhos de Cultura, entre 1990 e 1992, e de Educação, entre 1996 e 1998. Também foi liderança da categoria profissional dos arquitetos de Brasília (IAB/DF), durante o período de 1982 a 1984.

 

ENCONTRO - Em visita à UnB nesta segunda-feira, a deputada distrital Arlete Sampaio convidou o reitor da Universidade de Brasília, Ivan Camargo, para compor a mesa na sessão solene de outorga de título de cidadão honorário de Brasília ao arquiteto. "A homenagem é merecidíssima", disse o reitor. "Precisamos reconhecer essas pessoas preciosas da nossa universidade", completou. Arlete também entregou ao reitor documento de repúdio à homofobia, motivado pelo episódio de agressão a uma aluna ocorrido no estacionamento do campus Darcy Ribeiro em 18 de fevereiro. "Fui aluna desta instituição e fico pesarosa de ver que ainda há um clima de preconceito e homofobia", comentou Arlete Sampaio, formada em Medicina pela Universidade de Brasília.

Marcelo Jatobá/UnB Agência
 

 

 

Ao entregar o texto, um pronunciamento feito por ela no Plenário da Câmara Legislativa, a deputada cobrou respostas da UnB. "É preciso medidas duras para que se possa imputar responsabilidade pelo que aconteceu", afirmou Arlete. "Estamos no processo de criação de uma diretoria da diversidade, com o intuito de combater esses episódios", explicou Ivan. O reitor também ressaltou a existência de uma sindicância na UnB para apurar os fatos.

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 28/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Câmara Legislativa vai homenagear o professor Coutinho