Cai a confiança do consumidor paulistano

Fonte Agência Brasil 25/03/2013 às 20h

 


São Paulo - O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da cidade de São Paulo diminuiu 3,6% no mês de março, ao passar de 165,8 para 160 pontos, segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Em 2,1 mil entrevistas, a entidade apurou que os consumidores estão menos otimistas em relação ao momento atual da economia. Em comparação à sondagem anterior, houve queda de 6,2%. Também caiu em 1,8% o universo dos que acreditam em melhorias no futuro.

De acordo com a avaliação da Fecomercio, essa percepção está associada a incertezas quanto ao rumo da economia e foi influenciada pelo recuo na produção bem como pelo quadro de endividamento maior e pela elevação inflacionária.

O ICC é formado por dois indicadores: Índice de Condições Econômicas Atuais (Icea) e pelo Índice de Expectativa ao Consumidor (IEC). Entre os destaques no levantamento do Icea está a queda de 9,9% no ânimo dos consumidores com idade acima de 35 anos. As mulheres demonstraram menos confiança com uma queda de 5,5%. A pesquisa mostrou, porém, estabilidade na percepção da economia entre os consumidores com renda superior a dez salários mínimos.

Quanto às consultas em torno do Índice de Expectativa ao Consumidor (IEC), foi detectada uma redução de 3,6% entre os que ganham menos de dez salários mínimos e alta de 2,1% entre os consumidores com rendimento acima de dez salários mínimos.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 25/03/2013 ás 20h

Compartilhe

Cai a confiança do consumidor paulistano