Brasil terá cálculo sobre valor econômico da água

Fonte Ascom/ANA 31/05/2012 às 21h
Quanta riqueza um litro de água gera quando utilizada pela indústria? Para responder a esta pergunta, o Brasil instituiu o Comitê das Contas Econômicas da Água nesta quinta-feira, 31 de maio, segundo consta da Portaria Interministerial assinada pelos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e do Planejamento (MP), Orçamento e Gestão, publicada no Diário Oficial da União de hoje. O Comitê tem o objetivo de elaborar as contas econômicas ambientais da água, segundo a metodologia adotada pela Comissão de Estatística da Organização das Nações Unidas (ONU), considerando as recomendações e boas práticas internacionais sobre o tema.
Para que o Comitê das Contas Econômicas da Água fosse instituído, o MMA e o MP levaram em consideração a necessidade de se acompanhar e monitorar as interações entre a economia e os recursos hídricos em virtude da importância da água para o desenvolvimento de atividades econômicas. Nesse sentido, a própria Política Nacional de Recursos Hídricos, estabelece que a água é um recurso natural limitado, dotado de valor econômico.
Além dos dois ministérios, integrarão o grupo representantes da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por sua parte a ANA já vem desenvolvendo estudos sobre o panorama dos recursos hídricos do Brasil – o Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2012 será lançado na próxima segunda-feira, por exemplo – que servirão de insumo para que o IBGE possa fazer a contabilização sobre os impactos econômicos da água.


Ascom/ANA
Fonte Ascom/ANA 31/05/2012 ás 21h

Compartilhe

Brasil terá cálculo sobre valor econômico da água