Brasil estreia com ouro no Mundial de Canoagem e Paracanoagem

Fonte Brasil 2016 07/08/2014 às 10h
Em 2014, a principal competição para os atletas da canoagem velocidade e da paracanoagem é o Campeonato Mundial em Moscou, na Rússia, que começou nesta quarta-feira (6) e será disputado até o próximo domingo (10). A competição reúne mais de 870 atletas, de 71 países, em 29 categorias, entre eles muitos campeões mundiais e olímpicos.

A delegação brasileira, que embarcou na última sexta-feira (1º) com 21 canoístas, sendo 13 da canoagem velocidade e oito da paracanoagem, já entrou em ação nesta quarta (6).

Na última prova do primeiro dia de competição, o paracanoísta Luis Carlos Cardoso garantiu a primeira medalha para o Brasil. O atleta levou o ouro no V1 Masculino A 200m, com o tempo de 54s944, seguido pelo ucraniano Oleksandr Hrechko, com 57s481, e pelo húngaro Róbert Suba, com 59s136.

Luis Carlos destaca que foi um ano de muita preparação e dedicação pensando apenas neste momento. “Abdiquei de muita coisa para conquistar isso (medalha). Também quero agradecer muito à Deus e ao meu treinador. Agora é seguir treinando e buscar o bicampeonato no próximo ano”, adiantou.

O medalhista também disputou o V1 Masculino TA, mas não conseguiu avançar para a final ao chegar na 5a colocação da semifinal.

Mais lutas por medalhas
O tetracampeão Fernando Fernandes encontrou novos e fortes adversários em sua estreia do Mundial 2014 e garantiu lugar para a final do V1 Masculino A com o 2º lugar na eliminatória 1 da categoria. Fernandes disputa a finalíssima na sexta-feira (8) em busca do pentacampeonato.

Quem também luta por medalha na sexta-feira é Patrick de Almeida, na Final A do K1 Masculino LTA. Patrick conquistou a vaga ao garantir o 2º lugar na semifinal 2 da categoria.

Mais finais com brasileiros nesta quinta-feira (7)
Os estreantes Fernando Rufino e Debora Benivides tiveram bons resultados em suas eliminatórias e também garantiram presença para as finais nas categorias K1 Masculino TA e V1 Feminino TA, respectivamente. Rufino chegou em 2º lugar e Debora em 3º em suas eliminatórias. Ambas as finais acontecem nesta quinta-feira (7) na raia olímpica de Krylatskoye, reformada recentemente e utilizada nos Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980.

Finais diretas e semifinais
Na defesa pelo título do V1 Masculino LTA, Caio Ribeiro também enfrentou novos e fortes adversários na final direta da categoria. Ele não conseguiu conquistar a sonhada medalha ao chegar em 5º lugar com o tempo de 52s227. O campeão foi o italiano Pier Alberto Buccoliero (50s368), seguido pelo britânico Mark Tweedie (51s369) e pelo russo Aleksei Egorov (51s806).

No K1 Feminino A, Andréa Pontes disputou a final direta da categoria e também não conseguiu a medalha ao chegar na 9ª colocação, com o tempo de 1min20s738. O ouro ficou com a britânica Jeanette Chippington (55s213), a prata com a ucraniana Svitlana Kupriianova (59s292) e o bronze com a russa Alessandra Dupik (59s856).

A paracanoísta Marta Ferreira começou disputando o K1 Feminino TA e chegou até à final, mas não conseguiu a medalha. Ela terminou em 9º lugar, com o tempo de 1min05s980. O ouro ficou com a britânica Emma Wiggs (53s128), a prata com a canadense Christine Gauthier (53s5050) e o bronze com a ucraniana Natallia Lagutenko (55s235). Já no K1 LTA, a brasileira não conseguiu vaga na final ao chegar na 6ª colocação da semifinal da categoria.

Para o supervisor do Comitê de Paracanoagem da Confederação Brasileira de Canoagem, Leonardo Maiola, o que se viu em Moscou neste primeiro dia foi um grande crescimento do nível técnico da paracanoagem no cenário internacional. “Pudemos ver novos atletas em grande nível e já esperávamos por isso devido ao crescimento do esporte. Temos certeza que seguindo com o planejamento orientado em nosso Centro de Treinamento (USP/São Paulo) continuaremos obtendo bons resultados”, destacou.

Primeiras eliminatórias da Canoagem Velocidade
Na manhã desta quinta-feira (7), no horário local de Moscou (a cidade está sete horas à frente do Brasil) acontecem as primeiras eliminatórias da Canoagem Velocidade do Mundial de Moscou.

O primeiro a competir será Celso de Oliveira Junior, na eliminatória 4 do K1 Masculino 1000m. Pouco menos de trinta minutos depois será a vez de Isaquias Queiroz enfrentar grandes adversários na eliminatória 3 do C1 Masculino 1000m.

Fechando a manhã de classificações, a jovem dupla formada por Vagner Souta e Eduardo Fagundes encara a eliminatória 1 do K2 Masculino 1000m. As semifinais das categorias acontecem na parte da tarde desta quinta-feira.

Delegação do Brasil que disputa o Mundial de Moscou:

Canoagem Velocidade
- Ana Paula Vergutz
- Andrea Santos de Oliveira
- Angela Aparecida Elias da Silva
- Celso Dias de Oliveira Junior
- Cinara de Lima Camargo
- Edson Isaias Freitas da Silva
- Eduardo Schu Fagundes
- Erlon de Souza Silva
- Isaquias Queiroz dos Santos
- Nivalter Santos de Jesus
- Ronilson Matias de Oliveira
- Vagner Junior Souta
- Valdenice Conceição do Nascimento

Paracanoagem
- Luis Carlos Cardoso da Silva – ouro na prova V1 A 200m
- Patrick Ronald Nunes de Almeida
- Fernando Rufino de Paulo
- Fernando Fernandes de Padua
- Caio Ribeiro de Carvalho
- Marta Santos Ferreira
- Andréa Pontes e Silva
- Debora Raiza Ribeiro Benivides
Brasil 2016
Fonte Brasil 2016 07/08/2014 ás 10h

Compartilhe

Brasil estreia com ouro no Mundial de Canoagem e Paracanoagem