Brasil e Bolívia cogitam cooperação com foco nos recursos hídricos bolivianos

Fonte :Ascom/ANA 23/05/2012 às 14h
Com superfície variável de 1.340 a 2.500Km2 e índices pluviométricos de 400 mm anuais, o lago boliviano Poopó vira objeto de plano de trabalho entre a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Governo da Bolívia, no âmbito do Programa de Gestão Sustentável dos Recursos Naturais da Bacia do Lago Poopó. A carta de intenção entre as autoridades foi assinada ontem (21), na sede da Agência, em Brasília.
O acordo está firmado em três grandes eixos temáticos, que são: i) Planos de Recursos Hídricos; ii) Comitês de Bacias Hidrográficas e a participação da sociedade civil; e iii) Rede Hidrometeorológica como suporte à tomada de decisão.
O compromisso mútuo entre os países prevê a definição de um plano de trabalho nos próximos seis meses, com vistas à elaboração de um plano para a gestão daquelas águas. Após esse prazo, as instituições avaliarão a formalização de um acordo de cooperação técnica para implementação do que ficar definido estrategicamente.


:Ascom/ANA
Fonte :Ascom/ANA 23/05/2012 ás 14h

Compartilhe

Brasil e Bolívia cogitam cooperação com foco nos recursos hídricos bolivianos