Bolsista do boliche conquista título do Campeonato Pan-Americano de Campeões

Fonte Ascom - Min. Esporte 14/05/2012 às 22h
O atleta Marcelo Suartz conquistou, no último final de semana, um importante título para o boliche brasileiro. Ele foi medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano de Campeões, realizado entre os dias 8 e 12 de maio, na Flórida, nos Estados Unidos. Com a vitória, Marcelo – que é beneficiado pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte – qualificou o país para os Jogos Mundiais de 2013, competição que representa uma olimpíada para as modalidades que não estão incluídas no programa olímpico.

O brasileiro é da categoria amadora e foi eleito em 2011 o melhor atleta universitário das Américas. Segundo Marcelo, os principais adversários do Brasil na competição foram os atletas profissionais. “Alguns dos melhores profissionais de boliche participaram, como venezuelanos, colombianos, americanos, dominicanos e porto-riquenhos. Diferentemente da minha realidade, que ainda sou amador, eles vivem do boliche”, conta o atleta de 24 anos. Trinta e cinco atletas de 18 países participaram da competição.

Entre os títulos que o bolsista acumula, está a primeira medalha brasileira individual no boliche nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, realizados em novembro de 2011, no México. Marcelo foi derrotado nas semifinais do torneio individual masculino, mas, como não há disputa de terceiro lugar na competição, o brasileiro ficou com o bronze.

“A disputa do Pan-Americano de Campeões foi muito acirrada, como eu já esperava. Mas no Pan de 2011 eles também estavam lá, então sabia que não era impossível. O meu objetivo era ganhar o primeiro ouro brasileiro em torneios interamericanos e poder ter o orgulho de escutar o hino brasileiro”, disse Marcelo. Ficaram com o segundo e terceiro lugar no Campeonato Pan-Americano de Campeões o porto-riquenho Jean Perez e o colombiano Andrés Gómez, que perdeu a prata na última partida.

Agora, o objetivo de Marcelo é começar a jogar torneios profissionais e alcançar um título mundial para o Brasil no boliche. Os próximos desafios do atleta serão o Campeonato Interamericano de Las Vegas, em agosto, e o Aberto dos Estados Unidos, que será disputado no próximo ano.

Bolsa-Atleta
“Foi fundamental. Sem o auxílio do programa eu não poderia ter terminado minha universidade e treinado no melhor centro de treinamento do mundo aqui na Flórida. Sem a ajuda do Bolsa eu não estaria conquistando meus sonhos e trazendo esses resultados nunca obtidos antes por um atleta brasileiro”, conta o atleta que recebe o benefício na categoria internacional.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Boliche, Cesar Maciel, o investimento é importante para formar atletas brasileiros com condições de representar o Brasil em competições internacionais. “Com certeza o Marcelo transformou a imagem do boliche brasileiro a nível internacional, graças a um grande esforço e investimento tanto de sua família como do Bolsa-Atleta, que sempre reconheceu o grande atleta que é o Marcelo, dentro e fora das pista. É um exemplo para as próximas gerações”, disse.

O boliche é uma das modalidades contempladas pelo programa Bolsa-Atleta nos esportes pan-americanos. A segunda etapa de inscrições para o programa – especificamente para os esportistas das modalidades que não compõem o programa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos – está aberta até o dia 5 de junho no site do Ministério do Esporte, pelo endereço http://www.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/. Após o cadastro, os atletas terão 30 dias para enviar ao ministério a documentação exigida. A lista de documentos necessários está disponível no portal da pasta e no artigo 5º da Portaria 164/2011.

A primeira etapa de seleção do Bolsa-Atleta, que contemplou os atletas das modalidades olímpicas e paralímpicas, atendeu 4.243 atletas em 53 modalidades.
Ascom - Min. Esporte
Fonte Ascom - Min. Esporte 14/05/2012 ás 22h

Compartilhe

Bolsista do boliche conquista título do Campeonato Pan-Americano de Campeões